Advertise here

A melhor cidade para um estudante

Traduzido por Rita Cruz — há 2 anos

Texto original por Héctor Vera

0 Etiquetas: Experiências Erasmus Madrid, Madrid, Espanha


A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

Madrid é a cidade na qual nasci, e apesar de não ter vivido toda a minha vida na capital, é praticamente como se fosse a minha cidade, já que estive fortemente ligado a ela desde o dia em que nasci. E não digamos que foi a partir dos 18 anos, idade em que comecei a estudar na Universidade Complutense de Madrid, universidade sobre a qual já escrevi um artigo sobre a minha experiência da forma mais completa possível. Apesar de no geral, a maioria das minhas experiências em Madrid as ter contado neste blog sobre Madrid.

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

Na verdade, Madrid é uma das cidades de Espanha que mais estudantes Erasmus recebe a cada ano, tudo isso tendo em conta que Espanha é o país que recebe mais estudantes de intercâmbio ao longo do ano (espero que não se deva à festa :P). Mas não vêm só estudantes estrangeiros a estudar para a capital, mas sim também muitas outras pessoas, de outros sítios de Espanha, decidem fazer aqui os seus estudos universitários, o que faz com que seja uma das cidades mais ricas, falando culturalmente, em toda a Europa.

Não posso ser realmente objetivo, porque eu gosto de Madrid em todos os aspetos. Durante o dia é uma cidade muita rica em lazer e cultura, e durante a noite tens uma das cidades mais sociáveis e com a melhor vida noturna de toda a Europa. E não sou só eu que o digo, porque como podes ver Madrid foi nomeada capital mundial da festa pela página HostelWorld.

Primeiros passos para encontrar alojamento em Madrid:

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

O alojamento na capital de Espanha não é um dos mais baratos que há em todo o país, na realidade é um dos mais caros. Porém, para quem venha do estrangeiro é muito possível que ache que os preços, em relação a custo das casas, uma verdadeira pechincha.

As zonas que os jovens e universitárias costumam eleger são: Moncloa, Argüelles, Metropolitano ou Cuatro Caminos. São, no geral, as zonas mais perto da Universidade Complutense, que é onde há uma maior congregação de estudantes e é a de que melhor posso falar, porque foi onde vivi a minha experiência. A outra universidade é a Universidade Autónoma de Madrid, que se encontra mais a norte da cidade.

A melhor cidade para um estudante!

Fonte - Universidade.

O bom destas zonas é que dá para encontrar apartamentos partilhados a um preço bastante bom, nos quais poderás encontrar um quarto. O preço de um quarto numa destas zonas ficará entre os 200 e os 300 euros.

O apartamento no qual fiquei, durante o meu Erasmus, ficava em "Cuatro Caminos", o qual não se pode dizer que seja a melhor zona de Madrid, mas o apartamento inclui todos os gastos e apenas custa 200 euros por mês um quarto, num apartamento partilhado, com mais três pessoas. E o melhor é que desde "Cuatro Caminos" apenas se demora uns 20 minutos até à faculdade, o qual é bastante cómodo.

Outra zona bastante boa para os estudantes viverem é a de Argüelles. Tive alguns amigos meus que viveram ali, e sem dúvida, que os melhores apartamentos são bem melhores do que há em Cuatro Caminos, e até se demora menos tempo a chegar à Universidade. Por serem apartamentos para estudantes é normal que estejam praticamente todos os dias de festa.

Começando a andar por Madrid:

No princípio, Madrid parece uma cidade enorme e a qual parece ser difícil de andar de um lado para o outro. Mas na verdade não o é. Apenas têm que ouvir o famoso ditado que dizem os habitantes de Madrid, que tudo está a uma distância de 20 minutos a andar. É indiferente onde estejas. Se estás em "Sol" e alguém te pergunta onde fica o Museu do Prado, apenas tens de responder "mais ou menos 20 minutos a andar". O Bernabéu? 20 minutos a andar, se estiveres em Atocha.

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

Brincadeiras à parte, apenas é preciso andar algumas vezes por Madrid, e dás-te logo conta de que é uma das cidades mais fáceis para andar de um lado para o outro. Talvez seja porque já são muitos anos a viver nesta cidade. Mas para ser sincero, é mesmo muito fácil.

Entendendo como funciona a parte da Gran Vía, depois podes, praticamente, orientar-te por todo o centro de Madrid. E se não, apenas tens de aprender um pouco sobre como funcionam as linhas do metro de Madrid, e que estão muito bem orientadas e são eficientes. Para isso, é bastante recomendável a que adquiras o passe de transporte púbico para jovens, e com ele podes andar por toda a Comunidade de Madrid, de transporte público por apenas uns 20 euros, carregável a cada 30 dias. Nada mal, verdade? Espero que não haja nenhum governo a mudar isto futuramente, porque é sem dúvida a melhor forma (e a mais cómoda) de andar pela cidade.

A melhor cidade para um estudante!

Passe Madrid.

Choque cultural? Como são as pessoas de Madrid?

Como já tinha dito no início, Madrid é considerada uma das cidades mais sociáveis do mundo. E eu não podia estar mais de acordo. Há sempre exceções, mas é sem dúvida um dos sítios onde podes entrar em qualquer bar ou pub apenas para beber alguma coisa, e tenho a certeza de que, em algum momento, haverá alguém que irá parar para falar contigo. Ou se quiseres podes ser tu a falar com quem queiras, tenho a certeza de que a maioria das pessoas ficarão mais do que contentes por alguém lhes falar, independentemente do motivo.

Isto pode ser um "choque" para ti, mas é que, no geral, as pessoas de Madrid são muito abertas. Não tens de ficar surpreendido com isso, apenas desfruta-lo.

Outra coisa que penso que pode chegar a surpreender é o quão alto nos falamos. E não só em Madrid, mas como em toda a Espanha. A mim, pessoalmente, é algo que me chateia bastante, mas estou acostumado. Cheguei a entrar em bares nos quais era impossível falar, a não ser que fosse aos gritos. Na verdade penso que isto deve ser uma constante em bares ou cafés.

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

E em relação aos horários? Talvez isto seja o mais conhecido no mundo. E não sei se os nossos horários se devem às horas de sol que temos, ou por motivos culturais, mas em Espanha os horários são algo muito incomum no resto da Europa.

Em primeiro lugar, a comida que normalmente se come a meio da manhã, aqui não existe. E, em segundo lugar, a hora de comer o almoço não começa, na maioria dos restaurantes, a não a partir das 13 horas. E o almoço dura até às 16 horas, eu próprio cheguei a ver pessoas a almoçar a esta hora (de facto eu também tive de o fazer uma vez). Isto significa que a hora do jantar também se atrasa bastante, sendo que o habitual é que comece entre as 21 horas e as 22 horas. Apesar de que, neste sentido, pessoalmente, eu preferi sempre comer às 20 horas.

Em Madrid come-se bem (até mesmo os estudantes):

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

Espanha também é conhecido como um país que tem uma boa gastronomia, e Madrid não é a exceção. Em relação a restaurantes que podes visitar em Madrid eu falei sobre alguns dos quais podes ir, como por exemplo neste artigo onde falo sobre restaurantes bons e baratos que podes experimentar em Madrid. Noutro artifo escrevi sobre restaurantes bons, mas neste caso são restaurantes bons e caros para visitar na capital.

Seja qual a margem que possas gastar, qualquer pessoa pode visitar todos estes restaurantes, apesar de que se eu tivesse que recomendar um, dos mais baratos seria os "80 grados", um restaurante de tapas minimalistas e tenho de dizer-vos que é dos meus sítios preferidos em toda a cidade de Madrid. Dos mais caros elegeria, sem dúvida alguma, "el Sazonarte", uma pequena taberna mesmo ao lado do Parque do Retiro, onde cozinham pratos muito cuidados e saborosos.

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

Apesar de não dá para estar sempre a comer em sítios assim, isso é verdade. Em Madrid podes comprar ingredientes de alta qualidade nos supermercados, por um preço bastante aceitável. À semelhança de comprar uma casa, Madrid é uma das cidades mais caras de Espanha para realizar uma compra, mas para qualquer pessoa estrangeira que venha do centro da Europa, achará que é bastante bom realizar uma compra aqui em Espanha.

Depende de onde se viva, terás de escolher uma, ou outra, cadeia de supermercados, na qual os preços não são muito altos. Apesar de que, no final, irás sempre terminar no Carrefour Express, que há em todos os cantos da cidade.

E... Que se pode fazer em Madrid?

A melhor cidade para um estudante!

Templo de Debod.

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

Em Madrid existem imensas coisas que podes fazer. A oferta cultural é bastante basta, sem dúvida alguma, uma das maiores que podes encontrar em toda a Espanha.

É possível fazer rotas culturais, como as que escrevi sobre os principais três museus da cidade, e que é conhecida como o Triângulo de Ouro, que consiste em visitar o Museu do Prado, o Museu da Rainha Sofia e o Museu Thyssen.

A melhor cidade para um estudante!

Museu do Prado.

Ou se não, simplesmente podes dar um passeio por uma das zonas mais bonitas da capital, como por exemplo: Madrid de los Austrias e a Plaza Mayor, os Jardins do Retiro ou dar uma volta, no fantástico bairro de Malasaña.

A melhor cidade para um estudante!

Jardins do Retiro.

Apesar de que Madrid não é apenas estes sítios que aparecem nas primeiras páginas de todos os guias turísticos. Se estás a viver em Madrid, o melhor que podes fazer é ir descobrindo, pouco a pouco, os sítios menos conhecidos da cidade. E, claro, aqui tens um artigo meu: os lugares menos conhecidos da cidade.

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

Mas não é só em Madrid que é possível fazer coisas, podes também visitar algumas das cidades mais perto da capital, planear algumas excursões com amigos. Podes, por exemplo, visitar o Mosteiro de Escorial, a cidade de Alcalá de Henares ou outras cidades como a de Toledo ou Segóvia.

E claro, sempre que haja dinheiro suficiente, vale muito a pena assistir a um dos muitos concertos que há pela cidade, ou até mesmo algum festival como o Mad Cool Festival ou o DCode. Mas se preferires antes ver um jogo de futebol, também dá para assistires a um, nem que seja uma vez, no Santiago Bernabéu (ou o novo estádio do Atlético de Madrid). O preço dos bilhetes são muito caros, mas é algo que podes fazer uma vez em todo o ano.

Hora da festa:

Comecei este artigo dizendo que Madrid era considerada como a principal capital de festa de toda a Europa, e apesar de ser algo discutível, e de estar sujeito a opiniões pessoais de cada um, não se pode negar que a vida noturna em Madrid é uma das melhores de todo o mundo.

As noites de festas que tive em Madrid foram as melhores, algo que nunca tive em nenhuma outra cidade onde tenha ido saído à noite, e não foram assim tão poucas cidades onde estive. Para mim, o especial da noite de Madrid, para além da grande variedade e multiculturalidade, há uma magia na cidade durante a noite. Uma boa noite em Madrid é uma noite, na qual, não planeias nada e acabas por ter uma noite incrível. Porque isso é o que tem de especial a noite em Madrid: a improvisação e o inesperado.

Sítios para sair de festa em Madrid existem milhares, e há para todos e para todos os gostos possíveis e imaginários. Um dos meus sítios preferidos para começar a noite é o bar La Troika, um bar de ambiente russo, no qual podes beber uma cerveja e um shot de vodka (importada) por 4 euros. Ou, se preferires, é possível começar a noite com algo com mais estilo e ir a um dos pubs irlandeses, entre os quais o meu preferido é o O'Neil's, foi neste pub que até agora me serviram a melhor cerveja Guiness. Artigos sobre o Pub. .

Para depois dar continuação à noite, as opções são mais do que variadas. Podes escolher entre uma das muitas discotecas que existem pela cidade (que se não as conheces, não te preocupes, porque existem pessoas a fazer de relações públicas por toda a cidade). A discoteca principal é a discoteca Kapital, que é a maior da cidade. Mas se queres algo com um estilo muito diferente, a melhor opção, sem dúvida é a discoteca Independance, uma discoteca mais centrada em música rock.

A melhor cidade para um estudante!

Discoteca Kapital.

Mas a noite de Madrid também é feita em muitas outras zonas. Uma das zonas mais chamativas é o "bajos de Argüelles" e as discotecas de "Moncloa", lugares muito mais baratos que os do centro e com um ambiente muito universitário.

Perto destes locais, existe outras das zonas com mais festa em toda a cidade, a Malasaña. O único problema deste local, é que todos os bares (ou a grande maioria) fecham às três da manhã. Alguns dos mais famosos são a "Vía Lactea" ou a discoteca "Ochoymedio". Saindo desta zona podemos encontrar o "Space Monkey", um local bastante pequeno, mas sem dúvida alguma, com um dos melhores ambientes em toda a cidade de Madrid.

A melhor cidade para um estudante!

Ochoymedio.

Opções já muitas, apenas é preciso ir descobrindo-as.

Aqui não há praia:

Para concluir, apesar de que é algo bastante secundário, apenas resta falar sobre o tempo que faz em Madrid. Se bem que, assim como diz a famosa canção: "-Aqui não há praia", mas isso não significa que em Madrid não se possa desfrutar de um tempo fantástico.

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

A chuva, é algo que no geral, é muito pouco comum. Até mesmo durante os piores dias de inverno, há momentos em que se pode ver um ou outro raio de sol a rasgar o céu. O frio começa, sobretudo, no mês de dezembro e de janeiro, mas é algo bastante suportável.

Mas as temperaturas primaveris não demoram muito a chegar, sendo sem dúvida, os meses de abril e de maio os meses em que se pode desfrutar de uma temperatura bastante cómoda para estar na rua. Apesar de que também podem ser estes os meses com mais probabilidade de chuva, mas não será nada de mais.

O pior, sem dúvida alguma, são os meses de verão. A contaminação da cidade faz com que as temperaturas de verão sejam insuportáveis. É como estar numa sauna. Por isso, a maioria das pessoas de Madrid costuma ir à praia durante estas alturas, já que, infelizmente, aqui não existe nada parecido, ou talvez até exista...

A melhor cidade para um estudante!

Fonte.

A única opção que temos em Madrid para refrescar-nos são as piscinas públicas municipais. A que eu mais gosto é a da "Cidade Universitária", que pertence à Universidade Complutense, e oferece descontos para os estudantes. As pessoas que vão, são na sua maioria estudantes universitários, e dá para passar aqui uma boa tarde, com boa companhia e suportando o calor da melhor forma.


Galeria de fotos



Content available in other languages

Partilha a tua Experiência Erasmus em Madrid!

Se conheces Madrid como nativo, viajante ou como estudante de um programa de mobilidade... sobre Madrid! Avalia as diferentes características e partilha a tua experiência.

Comentários (0 comentários)



Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!