Advertise here

Experiência em Varsóvia, Polônia por Bernardo

Publicado por Bernardo Nunes — há 2 anos

0 Etiquetas: Experiências Erasmus Varsóvia, Varsóvia, Polônia


Fonte

Fotografia 1: Magnífica Varsóvia.

Como é viver em Varsóvia? Recomendarias? Como é a cidade?

Viver em Varsóvia é viver. Recomendo. Cidade muito boa para usufruir da liberdade que é o Erasmus. Tem tudo o que uma capital europeia tem, e até mais: museus, centros comerciais, vida noturna, parques, feiras, mercados, música ao vivo, miradouros, lounges, praia, pessoas com um sorriso na cara, bom tempo e preços baratos para a média europeia.

Pensei que iria encontrar uma cidade fria, feia, e com um ambiente pesado e não amigável. Contaram-me que os Polácos não são amigáveis e que não gostam de estrangeiros. Mas a realidade é que tudo o que me foi dito não passava de uma mentira. Encontrei pessoas bastante amigas e acolhedoras. Nunca fui incomodado por ser estrangeiro, e gostei bastante das pessoas Polácas que conheci. A cidade é lindíssima, o ambiente óptimo para estudantes estrangeiros, com imensos sítios para visitar, parques lindíssimos para visitar, e a cidade em si é bastante agradável para caminhar, é completamente plana! O clima era frio, mas depressa ficou mais quente que o de Portugal! Em Abril já começava a sair de manga curta à noite! Nunca tinha pensado que isso fosse possível, mas não foram poucas as vezes que o fiz. Fui várias vezes à praia do rio de Varsóvia. A partir de certa altura as noites acabavam cedíssimo, entre as quatro e cinco da manhã, e então saíamos sempre de manhã da discoteca. Foi algo completamente diferente do que estava habituado em Portugal.

Como é o ambiente estudantil em Varsóvia?

O meu ambiente em Lisboa é constituído por pessoas bastante parecidas comigo e da mesma nacionalidade. Ao chegar a Varsóvia esperava encontrar o mesmo, mas em versão Polaca. O que encontrei foi uma turma constituída 90% por pessoas naturais da Índia, e os restantes 10% uma mistura de alunos de Erasmus e Polácos. Adorei, abriu-me os olhos, e quando cheguei a Lisboa a minha turma já não era constituída por pessoas parecidas comigo, mas por pessoas completamente diferentes de mim, como se fossem da Índia.

Em média, quanto gastaste para viver em Varsóvia?

Gastava 600€ por mês, mais ou menos. A minha casa custava-me cerca de 300€ por mês, e o restante era gasto em ginásio (15€ por mês), comida, bebida, e saídas à noite. Apenas viajei três vezes durante o meu Erasmus, porque decidi que iria viajar ao voltar de Varsóvia para Portugal, escolhendo não apanhar um avião, mas usando autocarro e passando pelos sítios que estivessem no meu caminho. As viagens de autocarro usando o Polski Bus (rede de autocarros Poláca) são incrivelmente baratos. Para ir para Riga apenas tive de pagar 10€, e Budapeste uns 8€. É de aproveitar!

É difícil encontrar alojamento em Varsóvia? Tens algum conselho que possas dar?

Não é difícil se fores acessível e estiveres disposto a arriscar. Se tentares encontrar a tua "casa perfeita" demorarás mais tempo. Eu parti para Varsóvia sem casa. Cheguei à cidade e começei a procura. Demorei quatro dias a encontrar uma casa perto do centro, com três quartos, cozinha e casa de banho. O meu quarto era gigante, e tinha varanda, e era o melhor quarto da casa. Pagávamos pouco menos de 300€ por mês. A casa não era moderna, e o prédio também não, mas para os meses que estive lá serviu perfeitamente, e não me importava de voltar, oferecia tudo o que era preciso. Usei o Facebook para a encontrar, e encontrei-me com o dono da casa e a mediadora para uma visita à casa. No início eramos apenas dois na casa, mas como só queríamos arranjar um sítio para viver, sem ser o hostel onde dormíamos há já uns dias, decidimos alugar a casa e tentar arranjar um roommate o mais rápido possível para partilhar a renda. Em menos de três dias arranjámos uma pessoa que se viria a revelar um grande amigo! É assim que as coisas funcionam em Erasmus. Mente aberta ajuda muito!

Como é a comida? Quais são as tuas iguarias preferidas?

Pierogis e Pivos - Tradução: Pastéis de massa com carne ou outro tipo de recheio por dentro e cerveja. Estas foram as duas iguarias que mais ingeri, sendo que me fartei da primeira rapidamente. Os Pierogis de supermercado são demasiado banais. As cervejas são muito boas, e existe uma variedade enorme. Muitas vezes guiava-me pelo preço, mas gostei sempre de variar na marca, porque a diferença de preço muitas vezes é pequena. Habituei-me a beber latas de meio litro como bebia médias e minis em Portugal. Packs de quatro latas de meio litro passaram a ser o habitual no frigorífico lá de casa.

Raras foram as vezes em que comi comida tradicionalmente Poláca. Mas as vezes que o fiz fiquei bastante satisfeito. Não me lembro dos nomes dos pratos, mas comer pierogis num restaurante foi melhor que comer os do supermercado. Gostei especialmente de ir ao Zapiecek com os meus amigos e pedir um número de pratos diferentes, e depois partilhá-los por todos. Deu para experimentar várias iguarias, e fiquei bastante satisfeito.

Que locais recomendarias visitar em Varsóvia?

Old Town, Palácio da Cultura, Museu da 2ª Guerra Mundial, Łazienki Park, Estádio do Legia de Varsóvia, concertos de Chopin no Łazienki Park (junto da estátua do mesmo), Pole Mokotowskie, Chopin Museum, rio Vístula, entre outros.

experiencia-varsovia-polonia-bernardo-1f

Fonte

experiencia-varsovia-polonia-bernardo-60

Fonte

experiencia-varsovia-polonia-bernardo-50

Fonte

experiencia-varsovia-polonia-bernardo-22

Fonte

Fotografia 2, 3, 4 e 5: Cidade Velha de Varsóvia. Museu Chopin. Łazienki Park e estátua de Chopin no Łazienki Park, junto da qual ocorrem os concertos.

Qual a qualidade dos restaurantes em Varsóvia? Podes dizer-nos quais os melhores restaurantes para se comer?

Não sou a pessoa indicada a responder a esta pergunta. Comi pouco fora, mas gostei bastante do Zapiecek para comer comida Poláca tradicional. Os restaurantes onde comi mais fora foram os dos Kebabs. Comi muitos, e tinha um Amrit Kebab ao lado de casa, uma cadeia de kebabs muito boa. Aconselho a experimentarem. Os kebabs em Varsóvia são bastante bons, e populares.

Como é que é a vida noturna em Varsóvia? Quais são os melhores sítios?

Em Varsóvia a vida noturna é muito boa. Em Varsóvia podes beber dentro das discotecas a preços incríveis. Uma cerveja custava pouco mais de um euro, e as entradas nas discotecas ou eram de graça, ou custavam no máximo cinco euros! A noite é muito barata nesta cidade. Ao contrário de Lisboa, não se pode beber na rua, portanto apenas podes beber em casa, nos bares ou nas discotecas.

Às quartas, a noite no Klub Park são de Erasmus, e foram 90% das vezes ocupadas por mim. A entrada são 10zl e tens direito a cervejas até certa hora se apareceres cedo.

O Teatro Cubano é uma loucura aos fins-de-semana. A música latina é muito procurada nesta cidade.

O La Playa e as discotecas do rio são óptimos sítios para ter uma grande noite quando o calor começa a invadir a cidade.

Para começar a noite existem ruas de bares muito populadas como a Nowy Świat, a Mazowiecka e o Pawilony.

Ruas: Nowy Świat, Mazowiecka e Pawilony.

Discotecas: Opera, Capital, Teatro Cubano, Level 27, Dekada, Luzztro, La Playa, entre outras. A discoteca Park é obrigatória para estudantes Erasmus às Quartas.

Bares: Meta, Pijalnia, Chupito, entre outros.

Que conselhos darias a futuros estudantes que vão para Varsóvia?

Aproveitem a cidade. É muito variada, e oferece muitas oportunidades para diversão. Não vão ter dificuldades em arranjarem o vosso espaço, e em encontrarem coisas diferentes do que estão habituados.

Breathe...

Stay open,

Stay curious

and let the experience move

through

you.

Obrigado por leres!

Vê mais descrições como esta sobre as minhas experiências em Lisboa!


Galeria de fotos



Partilha a tua Experiência Erasmus em Varsóvia!

Se conheces Varsóvia como nativo, viajante ou como estudante de um programa de mobilidade... sobre Varsóvia! Avalia as diferentes características e partilha a tua experiência.

Comentários (0 comentários)



Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!