Advertise here

Estátua do Amor


  - 1 opiniões

História de Amor e a Estátua do Movimento

Traduzido por Carolina Ferreira — há 3 anos

Texto original por Manoj Pradeep

Olá amigos!

Espero que estejam todos bem. Se leram os meus artigos anteriores, já viram a minha experiência em Batumi. Nesse post, esqueci-me de mencionar uma coisa fantástica que pude ver em Batumi, portanto decidi mencioná-la aqui. Penso também que precisa de uma descrição especial, pois há uma história por trás desta nova estátua. Este lugar maravilhoso que vou partilhar contigo hoje chama-se "Estátua do Amor" e fica na famosa cidade de Batumi na Geórgia.

Na Geórgia, a "Estátua do Amor" chama-se "Sekhvarulis Kandakaeba". É enorme, uma estátua de 7 metros com a forma de um homem e mulher. Esta estátua encontra-se na costa do Mar Negro em Batumi Boulevard. Esta peça de arte fantástica foi criada pela artista georgiana Tamara Kvesitadze e baseia-se na famosa história de amor entre Nino e Ali. Inicialmente, foi exibida uma miniatura desta estátua em Londres, durante uma exibição de arte, e depois a estátua original foi estabelecida na cidade de Batumi. A coisa mais fantástica sobre esta estátua é que ambas as personagens se movem em direcção à outra depois das 19h, o que é controlado com computadores. Visto de longe, parece que as estátuas se estão a beijar. As estátuas estão magnificamente iluminadas, o que dá uma imagem aos turistas que eles nunca se irão esquecer. A artista e a sua equipa demoraram quase dez meses a construir esta obra de arte.

História de Amor e a Estátua do Movimento

Gostaria também de partilhar esta fantástica história de amor convosco. É famosa nesta parte do mundo, tal como "Romeu e Julieta" de Shakespear. O primeiro livro de Nino e Ali foi publicado em alemão, sob o pseudónimo "Kurban Said", que, originalmente, devia ser soletrado "Gurban Said". Há muitos autores que dizem ter escrito este livro, visto que este foi editado e imprimido várias vezes. Há uma maior controvérsia entre os autores Yusif e Essed Bey. Os georgianos acreditam seriamente que este livro foi escrito por Yusif, no entanto há alguns debates. A história do livro é interessante. É sobre a vida de um rapaz azerbaijano que tentou casar com uma princesa georgiana. O rapaz chamava-se Ali Khan Shirvanshir; cresceu e estudou numa escola para Rapazes Russos. O rapaz é azerbaijano, portanto pertence a uma família muçulmana. Ao crescer, ele foi conhecendo os valores cristãos e outras coisas tipo como lidar com o mundo ocidental na sua escola. Isto faz com que ele se apaixone pela princesa Nino, que é cristã. Ambos, Ali e Nino, aproveitam a vida, viajando de vez em quando para sítios diferentes e passando tempo juntos. Como ambos tinham terminado o secundário, Ali quer casar com Nino, mas ela tem medo. Ali promete-lhe que ela não terá de seguir a tradição muçulmana de usar um véu depois do casamento, portanto não tem de ter medo. O pai de Ali aceita o casamento, apesar de ser muçulmano, pois quer que o filho seja feliz. Há uma volta na história quando um amigo arménio de Ali rapta Nino. Ali fica furioso e persegue o amigo que raptou o seu amor. Ali mata o seu amigo e salva o seu amor. Ele escapa para o Daguestão para se salvar do castigo que poderia receber. Após vários meses, eles voltam a encontrar-se numa pequena aldeia onde se casam e vivem uma vida pobre mas feliz.

É no mesmo período em que a revolução russa está a acontecer e o exército otomano se está a mover para salvar a cidade de Baku dos russos. Nesta altura Ali e Nino fogem para o Terão no Irão, onde Nino tem dificuldades em seguir todas as tradições muçulmanas. Isto deixa-a triste, pois Ali tinha prometido que ela não precisava de seguir estas tradições. Ambos estão a passar uma época complicada no Irão, então quando o Azerbaijão ganha a independência e a República do Azerbaijão está estabelecida, eles mudam-se juntos para o Azerbaijão. Neste lugar, eles recebem uma proposta para serem embaixadores na França, mas Ali não gosta da proposta e recusa. Apenas dois anos depois do estabelecimento da República do Azerbaijão, os russos invadem o país outra vez, então Ali decide lutar pelo seu país. Nesta altura, Nino muda-se para a Geórgia com o seu bebé. Ali morre na guerra e os russos tomam conta do país, o que leva ao estabelecimento das regras soviéticas no Azerbaijão. A história pode ser considerada verdadeira, pois várias culturas viviam no Azerbaijão no início dos anos 90. É uma história muito fixe que é encenada em várias ocasiões, na Geórgia.

Espero que também tenhas gostado da história. A primeira vez que a vi a ser encenada, num lar de idosos, não compreendi. Mas quando visitei Batumi, vi esta estátua e li a história, e fiquei maravilhado. Isto é um sítio que se deve ver em Batumi, especialmente durante a noite quando as luzes estão ligadas e a estátua se está a mover. Consegues chegar a Batumi através do ar, água ou terra. Há voos para o Aeroporto Internacional de Batumi, autocarros, mini-autocarros vindos de diferentes estações em Tbilisi e outras cidades importantes. Há comboios que partem durante a noite a partir da Estação Central de Tbilisi, localizada em Vukzali.

A estátua é uma vista linda... portanto, não a percam! Obrigada por lerem pacientemente e, se tiverem alguns comentários ou sugestões, mencionem aqui em baixo. Até à próxima, continuem a sorrir!

Galeria de fotos



Dá a tua opinião sobre este lugar!

Conheces Estátua do Amor? Partilha a tua opinião sobre este lugar.

Dá a tua opinião sobre este lugar!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!