Advertise here

Porta do Sol


  - 1 opiniões

A Porta do Sol

Traduzido por Rita Cruz — há 2 anos

Texto original por Maika Cano Martínez

A Porta do Sol é uma praça muito famosa e muito importante que se encontra no centro de Madrid.

O edifício principal é o que mais sobressai, é a Casa dos Correios ou Casa do Relógio, também é o mais antigo da praça. No edifício o que mais se faz destacar é o relógio, onde tem uma pequena torre no telhado, e este é o sítio responsável pelas doze badaladas na Noite de Ano Novo. Para além disso é também a sede da Presidência da Comunidade de Madrid, mas, desde a sua existência, há cumprido com muitas outras funções.

A Porta do Sol!

Sem dúvida que para os que não são de Madrid ou para os que não vivem na cidade, a Porta do Sol só é conhecida sobretudo devido à noite de Ano Novo, devido às doze badaladas que se fazem soar desde a torre do relógio da Casa dos Correios. Isto acontece desde 1962, e desde esse ano que a Porta do Sol se tornou uma grande protagonista. Existe uma bola que é baixada antes da meia noite, enquanto se fazem soar os quatro quartos, e depois as doze badaladas, e por último na Espanha é tradição comer-se uma uva a cada badalada, dizem que é sinal de "boa sorte".

No entanto, a verdadeira história para explicar o porque de se comer 12 uvas antes de terminar o ano, é que houve um ano em que as colheitas de uva foram muito boas, então as pessoas começaram a oferecer, de modo a que o consumo das mesmas aumenta-se, e foi assim que surgiu a tradição.

A Porta do Sol!

Na Praça do Sol pode-se encontrar a estátua mítica de Madrid, a do Urso e a do Medronheiro. Foi inaugurada em 1967 e tem 4 metros de altura. Como o seu próprio nome indica é uma estátua de um urso que está inclinado sobre um medronheiro, e representa as "armas heráldicas" (o brasão da cidade) de Madrid. No escudo oficial de Madrid está inscrita a mesma imagem.

A Porta do Sol!

Outra estátua menos antiga na Praça do Sol, é a Estátua Equestre de D. Carlos III, que se encontra em cima de um pedestal. Inaugurada em 1994, o monumento inteiro mede 9 metros de altura e é onde se vê o monarca D. Carlos III montado a cavalo. Esta imagem é uma reprodução de outra escultura do monarca que se encontra na Real Academia de San Fernando. No pedestal pode-se ver o escudo de D. Carlos III, e na parte inferior uma inscrição que diz: "Carlos III Rei de Espanha", seguindo-se de um longo texto que fala sobre o Rei, mas é algo que está menos visível.

Um elemento que se tornou muito famoso nesta praça foi o anúncio luminoso do "Tío Pepe" que está em cima de um dos edifícios mais altos. É um anúncio de uma empresa Espanhola que produz vinhos e outras bebidas alcoólicas. No seu logotipo pode-se ver a silhueta do que se parece um homem, o "Tío Pepe", mas que na verdade é uma garrafa de vinho com um casaco e um chapéu de cor vermelha. Este anúncio é o único que se manteve de todos os que já passaram pela Praça do Sol. Durante alguns anos foi retirado, mas recentemente voltou a ser colocado, e ainda bem, porque acabou por se tornar num símbolo da praça, e sem este anúncio a praça não fica completa.

Uma curiosidade que se encontra é o quilómetro zero de Espanha, que fica mesmo em frente à Casa dos Correios. É um sítio marcado no chão onde se lê: "Origem das corridas radiais do quilómetro zero, e é o esboço do desenho de Espanha. Normalmente, o quilómetro zero está localizado na capital do país, e serve para medir distâncias, e é algo simbólico.

A Porta do Sol!

Outra curiosidade é a paragem do metro que há na Praça, e que ficou conhecida há pouco mais de um ano como “Vodafone Sol”, e antes disso chamava-se “Estação Sol Galaxy Note”, devido a um contrato com um patrocínio. Enquanto licenciada em Marketing, considero esta uma fantástica estratégia de publicidade, já que para além de ter o nome, também a linha do metro é a vermelha, e em todas as estações dessa linha está sempre o logótipo da Vodafone. Ou seja, isto é publicidade 24 horas, e isso não passa despercebido a ninguém. Porém a minha opinião como turista difere, penso que é horrível, porque a Praça perde a sua história e o seu encanto com toda essa publicidade.

Para além de ser o sítio onde se celebra a noite de Ano Novo, a Praça do Sol também foi o local de uma das maiores manifestações que já se fizeram recentemente em Espanha, por exemplo, o movimento dos "indignados" ou o 15-M. Esta manifestação durou vários meses e a primeira noite de acampamento foi no dia 15 de maio de 2011, e por isso ficou conhecida assim. O lugar que escolherem para o fazer gerou muito conflito, porque é uma zona com muito trânsito, onde há muitas lojas (e muitos comerciantes se queixaram), e tudo porque ocuparam uma das praças mais importantes do país. Houve pessoas feridas, que nem sequer faziam parte da manifestação, e que apenas estavam de passagem e acabaram por levar com alguma chapada.

Para além de todos estes elementos mencionados, a Porta do Sol também tem muitas lojas, cafés, quiosques, entre outros. É um ponto comercial muito importante na capital, assim como nos seus arredores. A administração da lotaria encontra-se também nessa icónica praça, e é dá para ver sempre longas filas para o Sorteio de Natal. Uma loja de roupa bastante famosa é a Topshop, e está localizada numa das esquinas da praça, e em Espanha há muitas poucas lojas desta marca.

A Porta do Sol!

Para chegar à Praça não é nada complicado, para além de que tudo está muito bem sinalizado, dez ruas vêm parar à Praça. E, como vos disse anteriormente, a paragem do metro chama-se “Vodafone Sol”, tendo conexão a partir das linhas 1, 2 e 3. Na estação de metro da Praça também se pode mudar de linha, e tem conexão com os comboios.

À semelhança da Porta de Alcalá, a Porta do Sol também tem a sua própria canção "Un año más", cantada pelo grupo Mecano.

Galeria de fotos



Content available in other languages

Dá a tua opinião sobre este lugar!

Conheces Porta do Sol? Partilha a tua opinião sobre este lugar.


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!