A minha experiência em Estrasburgo, França


Eis um facto: estou apaixonado por Estrasburgo porque, ao contrário de outra cidade francesa qualquer, esta é internacional e muito moderna. As pessoas são simpáticas (claro, com poucas exceções) e o ambiente é sempre excelente.

Estrasburgo

my-experience-strasbourg-453c2b6257e4171

Fonte

Estrasburgo é uma cidade muito pequena, mas é incrível viver lá. Fica a saber que esta se localiza no nordeste de França. Estrasburgo foi conquistada algumas vezes, cerca de 4 ou 5 pelos alemães, antes de se tornar oficial e finalmente uma cidade francesa. Agora entendo porque é que esta tem sido uma experiência incrível. As razões são: a cidade não é tão francesa quanto possa parecer e as pessoas de Alsácia, tenho a certeza, concordariam comigo como preferem dizer que são de Alsácia em vez de França. Mas não me entendas mal, qualquer francês ama sê-lo, aliás, eles estão a vir de França! Eles amam o seu país porque consideram que têm tudo. Sim, eles pensam... Quero com isto dizer que França é ótima, mas só alguns têm esta visão, não todos. Vá, acalmem os franceses. Os italianos inventaram o piano, o telefone e o primeiro dicionário. Mas eles nunca vão admitir isso. Bem, mas vamos voltar para a cidade de Estrasburgo, pode ser?

Estrasburgo tem uma abordagem completamente diferente da forma de vida das pessoas, tal como uma abordagem incomum do urbano, que é óbvia quando comparada com outros lugares de França. Eu assumo que, apenas pelo facto de a cidade ter sido alemã, a experiência de lá viver, diria... é bastante exclusiva.

my-experience-strasbourg-a16bcfd6311f074

Fonte

O que fazer em Estrasburgo?

Ora, se por um lado podes estar sempre a reclamar do quão caro é o lugar, e que não podes realmente comprar coisas, apenas sobreviver, por outro lado, podes encontrar um ambiente extremamente bom, como estudante, e acima de tudo enquanto estudante Erasmus, acrescentaria eu. É bem organizado em comparação com Espanha e Itália, mas não te empolgues demais, porque eles também aproveitam o tempo.

É um lugar muito frio durante o inverno, portanto, se quiseres passar a noite fora, a melhor opção é ires ao cinema ou a um pub. Os restaurantes são diferentes e vale a pena experimentar a "boulangerie" (padaria). No entanto, para estudantes Erasmus, as possibilidades de fazer algo à noite, mesmo que esteja muito frio, são múltiplas. Há muitas associações que criam e organizam eventos para estudantes Erasmus. "Le café des langues" ("O Café dos idiomas", em português), por exemplo, é um pub onde as pessoas se encontram para conversar em vários idiomas enquanto bebem algo. Eu já lá fui uma vez e gostei realmente da experiência, a sério. É o par perfeito, certo?

Os clubes são caros, mas isso depende realmente do teu estilo. Na verdade, no rio, há barcos que são bares e que são suficientemente baratos ou até gratuitos, às vezes, mas não com muita frequência.

Finalmente, se estiveres quase a ir para Estrasburgo, durante pelo menos 6 meses, tens de ir a caminhar até à Alemanha. Sim, eu acabei de dizer isso: ir a pé. Isto é o melhor que eu poderia ter partilhado, pois para ir até à Alemanha demora-se cerca de 40 minutos a pé, mas também podes optar por ir de bicicleta até lá (a maioria das pessoas faz isso, até porque Estrasburgo é como a Holanda, há bicicletas em todo o lado). Quando passares a fronteira, nem te irás aperceber, e ficarás diante de uma paisagem notável ao atravessar a ponte que divide Estrasburgo, França, de Kehl, Alemanha.

Posso dizer que me senti segura e gostei de morar em Estrasburgo. Se fores esse tipo de pessoa que, tal como eu, prefere uma vida calma, visitar algum museu, ouvir música ao vivo num bar ou ir patinar no gelo, então Estrasburgo é a melhor escolha para ti e a cidade é verdadeiramente impressionante. Para quem, em vez disso, considera muito mais atraente viver alguma experiência radical, eu diria que conheço muitas pessoas que fazem esqui ou snowboard ou caminhadas nos Vosges, que são uma cadeia de montanhas perto de Estrasburgo (poderás ir lá com bastante facilidade); também podes fazer longas viagens até Bruxelas, depois Amsterdão e Alemanha sem ter um plano real. Isso só é possível porque Estrasburgo fica no coração da Europa. Está no centro de tudo e permite que as pessoas viajem com facilidade.

Por fim, mas não menos importante, as instituições europeias estão em Estrasburgo. Eu sei que isto pode não parecer muito atraente agora, tendo em conta os ataques terroristas que ocorreram no coração da Europa recentemente, mas tenho a certeza que para qualquer estudante de Relações Internacionais, Ciência Política ou de Estudos Europeus, será incrível viver em Estrasburgo.

my-experience-strasbourg-58c353041cf55d0

Fonte

O que há lá?

O Parlamento Europeu e o Conselho Europeu ficam ambos em Estrasburgo e o Tribunal dos Direitos do Homem também. Então, para aqueles de que estiverem na política, eu recomendo fortemente Estrasburgo como o lugar onde devem estar.

Como chegar lá?

Estrasburgo é uma cidade muito cara tal como os transportes. Esta é uma das razões pelas quais as pessoas geralmente têm uma bicicleta. Gastas cerca de 60 euros para comprar uma em segunda mão e não tens de gastar mais dinheiro durante o resto da tua estada. Se quiseres ir para outro destino, o autocarro é a melhor opção, pois os voos são na maioria das vezes muito caros. De verdade.

Durante o Natal eu queria voltar para a Sicília durante um tempo, para estar em casa, e mesmo que eu tentasse reservar o meu voo cerca de 2 meses antes da data, não encontrei nada acessível para um ser humano de classe média, pois os preços eram surpreendentemente caros. Não posso sequer pensar em todos esses políticos que fogem para Estrasburgo tantas vezes e a pagar voos super caros com o dinheiro dos contribuintes pobres. No entanto, dependendo de onde parte o avião de e para Estrasburgo, poderás encontrar bons preços para os voos que vão para o Aéroport Strasbourg (aeroporto de Estrasburgo) ou para o aeroporto de Baden Baden, que está situado a 30 minutos de distância do centro de Estrasburgo, com um comboio. Eu conheço pessoas que voam de Roma ou outros destinos e que usaram o aeroporto de Baden Baden e pelos vistos é muito mais barato do que o aeroporto de Estrasburgo. No entanto, isto não ocorre com todos os voos que aterram em Baden Baden. Infelizmente, Londres é um desses destinos com azar.

Quando aterrei em Estrasburgo pela primeira vez, porém, eu voei de Londres e foi um voo muito barato com a Easyjet. Além disso, também podes viajar de comboio a partir de destinos como Suíça ou outros locais que tenham Estrasburgo como destino. Em alternativa, podes viajar de autocarro a partir de determinados locais, como Amsterdão ou Bruxelas, com a Eurolines.

Assim que chegares, é muito fácil deslocares-te pela cidade. Podes escolher entre, basicamente, caminhar, andar de bicicleta ou andar nos transportes públicos. Os transportes normalmente não são iguais aos de Londres, mas os elétricos e os autocarros cobrem praticamente toda a cidade e até mais do que isso. Não há metro, o que torna tudo muito mais limpo e mais seguro, se compararmos ao sistema do metro de Paris. Os transportes não são particularmente caros na própria cidade, mas não são muito úteis se tiveres a sorte de morar perto do centro, pois, nesse caso, podes simplesmente caminhar.

O que comer?

A 'Tarte Flambée', e ponto final.

A 'Tarte Flambée' é a especialidade de Estrasburgo e, portanto, tens de experimentar. É um tipo de pizza, mas um pouco mais fina e tem ingredientes diferentes por cima. Se fores a um restaurante que fica bem no centro, perto da Catedral, podes escolher diferentes recheios e também podes optar por um doce 'tarte flambée'. Confia em mim. Vale a tentativa. É muito saborosa.

Alojamento

Quanto a encontrar alojamento em Estrasburgo, talvez eu não seja a melhor pessoa para dar conselhos porque não precisei de procurar muito. De facto, vivi numa residência que a universidade dá aos estudantes e, claro, inclusive aos estudantes Erasmus. Tinha de pagar pouco dinheiro por mês, o que foi perfeito, visto que fica muito caro viver em Estrasburgo e, assim, pelo menos pode-se pagar rendas baratas. No entanto, devo dizer que o serviço é bastante horrível. Apesar disso, conheço pessoas que encontraram casas para alugar muito bonitas no centro da cidade e não pagam muito para viver em frente à Catedral.

Em alternativa, se estiveres hospedado como turista, e apenas alguns dias, há muitos hotéis em toda a cidade que não são assim tão caros como se poderia pensar e que estão relativamente bem localizados, numa posição central, portanto, é fácil movimentar pela cidade sem utilizar os transportes públicos. No entanto, eu sugiro que é melhor procurares algo sempre com antecedência, pois Estrasburgo é uma cidade pequena e muito turística, o que significa que podes ter algumas dificuldades em encontrar um lugar, sobretudo na época do Natal.

Eu não encontrei nenhuma ligação útil na internet, mas normalmente eu procuro pelo nome da cidade mais alojamento, e geralmente funciona. Agora tenho a página da Erasmusu, que é bastante útil no que toca a encontrar alojamento.

my-experience-strasbourg-dcce69f8127a52c

Fonte

Encontrar emprego

Enquanto estudante na incrível universidade Sciences-Po Strasbourg (Universidade de Ciência Política de Estrasburgo), precisas de fazer um bom trabalho. Por esse motivo, eu não tive tempo para ter um emprego a tempo inteiro, por isso não posso dar conselhos nesta área. Porém, eu trabalhei a tempo parcial e tenho a certeza que se perguntares às pessoas ou procurares na internet, poderás encontrar algo que te agrade.

Estou 100% certa de que depende do tipo de trabalho que estás à procura e por quanto tempo planeias trabalhar. Eu, na verdade, acabei por trabalhar uma vez por semana numa escola francesa, a dar aulas de italiano a estudantes franceses quase a fazer exames de italiano. Simultaneamente, trabalhava de graça numa estação de rádio, que foi a melhor experiência da minha vida, e também fiz parte de diferentes associações oferecidas pela universidade. Isto não é um trabalho, mas talvez as novas amizades que aqui se fazem te possam ajudar a encontrar um.

Mais uma vez, aconselho-te a espreitar a página Erasmusu e ver o que podes fazer, procurando um trabalho aí.

E, sim, basicamente é tudo o que tenho a dizer sobre Estrasburgo. Espero que tenha sido útil e aproveita França!


Galeria de fotos



Partilha a tua Experiência Erasmus em Estrasburgo!

Se conheces Estrasburgo como nativo, viajante ou como estudante de um programa de mobilidade... sobre Estrasburgo! Avalia as diferentes características e partilha a tua experiência.

Comentários (0 comentários)


Partilha a tua experiência Erasmus!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!