Erasmus em Estrasburgo


Como prometido no post anterior, onde falei da Universidade de Estrasburgo, aqui falo um pouco da linda cidade que se encontra no meio da Europa, um pouco tal como Bruxelas é chamada o coração da Europa.

erasmus-strasburgo-parte-ii-da6bb82a0cc8

Fonte: http://ideeviaggi.zingarate.com/gallery/strasburgo-citta-francia-orientale-alsazia-fiume-173194-1.html

Não é por acaso que a capital de Alsácia acolhe das instituições mais importantes da União Europeia. Para quem não o saiba, não é apenas Bruxelas que acolhe as instituições europeias, mas também a lindíssima Estrasburgo. Ah pois!

Pode-se visitar reservando tours online ou chegar aos vários locais durante o dia, através de um eléctrico ou de um simples autocarro. A zona das instituições, a meu parecer é já um pouco longe, penso que é necessário apanhar um eléctrico ou um autocarro. E quase que me esquecia: podem andar de bicicleta à vontade!

Ah Estrasburgo! Quantas bicicletas, tantas que os peões nem sabem em que lado podem estar, de qual mundo vêm, de qual galáxia pertencem!

"Bref", como diriam os franceses, tens que visitar as instituições, se não por dentro pelo menos por fora. A zona é muito bonita e verde, há vários parque e uma bela vista, por isso dá para passar um dia fora aos ensinamentos da natureza.

Em relação ao comentário sobre as bicicletas de antes…

Bem, por um lado pode ser um alívio para vocês amantes da bicicleta, a cidade é organizada muito bem para os ciclistas e usam-se mais 2 rodas do que 4; por outro lado, por vezes é um tormento para os peões que se encontram numa situação que tinham de ter vários olhos para estarem atentos não só aos carros, como aos eléctricos que passam e às bicicletas que estão em toda a parte! Estrasburgo parece caótica, mas nada de ter medo, porque não o é!

É na verdade uma cidade muito viva, tranquila, respira-se ar puro, e há ainda como divertir-se, sem sombra de dúvida! Se te encontras em Estrasburgo por um curto espaço de tempo, existem coisas que tens absolutamente de visitar, por isso está atento ao próximo post, onde dedico a passar informação detalhada sobre coisas a visitar em Estrasburgo. Por agora digo apenas que as ruas são folclóricas e é indispensável não as percorrer a pé. Embora a cidade não seja muito grande, é no entanto possível perder-se um pouco a orientação, por isso atentos por onde andam. O centro é muito bonito, com praças realmente belas e imensos bares nos quais devem parar para tomar um café. Ou um chá, peço desculpa, esqueço-me sempre que isso também existe…

erasmus-strasburgo-parte-ii-a42b5676d05b

Fonte: http://www.zingarate.com/francia/strasburgo/mercatini-di-natale-a-strasburgo-informazioni-e-novita-dell-edizione-2011.html

É obrigatório visitar a Catedral, chamada Cathédrale Notre-Dame-de-Strasbourg, sim… não de Paris, mas de Estrasburgo. A Catedral completou 1000 anos de história em 2015, durante o meu erasmus, e aconselho visitarem-na mesmo que isso signifique subir 300 degraus a pé. Recupera a fôlego. Mas voltarás a perde-lo assim que chegares ao terraço, que se encontra lá em cima, e vires a vista panorâmica incrível de tirar a respiração.

Continuamos ainda com a cidade de Estrasburog e as maravilhas que tem para oferecer. Tenho notado que em todas as cidade europeias por onde passei existem pontos negativos e pontos positivos, mas eu vejo apenas os positivos. É óptimo ser uma pessoa positiva, mas não é sempre bom ter um olhar crítico em relação às coisas. Então quero dizer-vos alguma coisa má de Estrasburgo. A cidade é caríssima! Peço desculpa, mas os preços em França são extremamente altos e é impossível viver lá não se tem um budget elevado ou um emprego. Se se é estudante de Erasmus é impossível viver na cidade sem não se tem um mealheiro de lado. É tudo caro: a comida, os transportes… a razão de todos terem bicicleta!

A solução é de ir à Alemanha. Não se assustem, a Alemanha é mesmo ao virar da esquina! É verdade! Podem ir a pé, se gostam de andar, são uns 35/40 minutos. Obviamente que se partem do centro têm de juntar pelo menos un 15 minutos, para chegar à fronteira. Sempre podem ir de bicicleta, façam vocês as contas de quanto tempo leva a chegar à Alemanha. De qualquer forma, também há a possibilidade de apanharem um autocarro. Sobretudo ao voltar, se foram ao supermercado fazer as compras para a semana, vão precisar sem dúvida de um autocarro.

A cidade alemã mais próxima chama-se Kehl.

erasmus-strasburgo-parte-ii-181b74ad0e07

Fonte: http://it.123rf.com/photo_18852136_ponte-di-nome-europa-sul-fiume-reno-tra-francia-e-germania-estende-strasburgo-e-kehl-citta.html

De volta à cidade de Estrasburgo. Se o tempo o permitir, a cidade oferece imensas áreas verdes nas quais podem fazer actividades aos ar livre sem problema. No parque da Universidade, tem este nome não por ser parte da Universidade mas porque é assim que se chama, pode-se encontrar equipamentos dos ginásio para usarem gratuitamente e ao ar livre! Há ainda muitos outros parques onde se podem organizar várias actividades ou piqueniques. Sempre se o tempo permitir, podem fazer o mesmo nas margens do rio que atravessa a cidade.

Aconselho-os a visitarem a cidade no Natal, apesar de ser o período mais caro é também o mais bonito, pois organizam um mercado de Natal. Não acontece só em Estrasburgo, mas em todas ou quase todas as cidades do norte da Europa. No entanto o mercado de Natal de Estrasburgo foi nomeado Património Cultural Mundial da UNESCO, e deve haver um motivo, não?

O mercado fica na cidade por algum tempo, por isso não se preocupem se não conseguem ir exactamente em cima do Natal. Mas continuam a ler sobre os mercados no próximo post, onde relembro que falarei das coisas a visitar com detalhe.

Então e o que é que falta?

erasmus-strasburgo-parte-ii-646610615fdf

Fonte: http://it.forwallpaper.com/wallpaper/strasbourg-france-210896.html

A cidade oferece uma atmosfera internacional todo o ano, o que distingue de qualquer outra cidade francesa, excluindo Paris, como é óbvio. As pessoas são disponíveis e mais simpáticas do que se poderia pensar. O clima não é sempre o melhor, mas existem cidades onde o frio é ainda mais insuportável. Além disso os verões são quentes e agradáveis. Podem aproveitar os lagos e os parques. A vida nocturna não é excepção, há várias cervejarias, bares, discotecas, restaurantes, pubs e karaokes!

Tenho lembranças fantásticas de Estrasburgo por isso espero que vocês também as possam ter tão boas. E a propósito de bom, uma das coisas que mais gostava na cidade era a oferta de imensos doces para comer. Existem creperias, gelatarias, bares com ótimos doces e assim podem acabar o vosso dia.

Por agora penso que foi suficiente estimular-vos a visitarem Estrasburgo, mas continuarei a escrever sobre a cidade com detalhe sobre os transportes, alojamento, monumentos, coisas a fazer e coisas a visitar.

Mantenham-se em contacto, e bom dia!

Estes são outros links de posts (em italiano) sobre a cidade de Estrasburgo, um dedicado à Universidade (Sciences-Po Strasbourg), que alguns podem estar interessados em ir estudar nos vossos Erasmus:

http://erasmusu.com/it/erasmus-strasburgo/erasmus-esperienze/science-po-strasbourg-397410

E outro link (também em italiano), que por sua vez trata das coisas que podem visitar se têm intenções de visitar esta linda cidade de Estrasburgo:

http://erasmusu.com/it/erasmus-strasburgo/erasmus-esperienze/cosa-visitare-a-strasburgo-403223


Galeria de fotos



Content available in other languages

Partilha a tua Experiência Erasmus em Estrasburgo!

Se conheces Estrasburgo como nativo, viajante ou como estudante de um programa de mobilidade... sobre Estrasburgo! Avalia as diferentes características e partilha a tua experiência.

Comentários (0 comentários)


Partilha a tua experiência Erasmus!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!