Advertise here

Impressiona-me em Madrid

impress-madrid-6efcb1a8386dc624f75bf68ff

Ela: "-É a tua primeira vez em Madrid? "

Ele: "-O que? " O Greg não a conseguia ouvir devido à música. "-Não, sim é a minha primeira vez! Estive aqui durante uma semana, mas sim, é a minha primeira vez. "

Eles estavam ao lado da coluna do rés do chão da discoteca.

Ele: Alto, cabelo escuro, estudante de Eletrónica na Universidade de Warwick. Caraterísticas: tatuagens nos seus dois antebraços, um fã do Atlético de Madrid (tem o logotipo no seu peito, mesmo ao pé de onde o coração devia estar), olhos castanhos, alérgico a amendoins e amante de marisco. Apenas chegou a Madrid há uma semana, mas já sabe onde encontrar os melhores e os mais baratos "bocadillos" de calamares. Surpreendentemente estão na Plaza Mayor, mesmo no centro da cidade. E desde que chegou já foi comer ali todos os dias.

Ela: cabelo louro, piercing no nariz (e noutras partes mais íntimas do seu corpo); skater: tudo desde patins até a skates. Não é a sua primeira vez na capital Espanhola, e isso foi o que a levou a escolher a cidade para o seu intercâmbio. Normalmente ela não gosta de correr riscos desnecessários, para além de que ela é uma perfeita estudante de Aeronáutica. E uma viciada em presunto. Não há cerveja sem presunto, o melhor é o que vem nos montaditos. Até nos 100 montaditos.

Local: Nomads Club, localizado na Praça do Sol, e nesse ano era a discoteca principal para todos os estudantes de Erasmus. Definitivamente demasiado pequena para tanta gente, o que forçava as pessoas a socializarem. E a sangria ilimitada até à 1 da manhã ajudava imenso.

Ele perguntou, na verdade, gritou: "-Qual é mesmo o teu nome? "

Ela: "-Plamena. "

Ele: "-Esse é um nome bonito, a sério. " - disse o Greg, apesar de ele não ter a certeza se gostava do nome ou não.

Ela: "-Queres dizer dizer que é um nome estranho? Já me habituei. Sou da Bulgária. E nem queiras ouvir a dizer asneiras, isso sim é que é mesmo estranho. "

Ele olhou para ela. Ela tinha orelhas de coelho na cabeça, com um top branco com pelo, calções cor de rosa e com uma cauda de coelho. Era uma festa temática de animais e de alguma forma ela parecia demasiado fofa para ser aborrecida ou dar-lhe "chatice". Talvez "porcaria", mas seria algo que acontece uma vez em toda a sua vida.

Mais uma vez o DJ decidiu dar cabo dos ouvidos das pessoas, colocando a música "Despacito". As pessoas estavam a dançar e não era uma dança nada lenta. De facto, o Greg sentiu as suas orelhas a ficarem vermelhas de tanto calor que havia, e também devido a ele estar a dançar.

Ela disse: "-Bebidas? " Eles passaram por entre a pista de dança e foram em direção ao bar, ao mesmo tempo em que passava a música do Daddy Yankee e a do Enrique Iglesias, passaram pelo menos umas três vezes.

Ele perguntou: "-Então conheces bem a cidade, não conheces? Qual é o melhor sítio para ir de festa? Já alguma vez foste ao Teatro Kapital? " - sugeriu o Greg. O Teatro não era bem algo que ele gostasse, e tão pouco lhe chamaria de sítio para sair de festa, apesar de ser o melhor de Madrid.

Ela: "-Então deves mesmo ir, sem dúvida alguma. Alguns adoram outros não. Sempre que fui diverti-me, mas a verdade é que também estava bêbada, muito bêbada. " - parece que afinal de contas ela sabe palavrões.

Ela: "-кучи син! " - seja o que for soa algo mau. Plamena olhou para o seu relógio e começou a apressar-se. "-Dá-me a tua mão. "

Ele: "-O que? "

Ela: "-Agora. " E o Greg obedeceu. Ela agarrou no braço dele, foi buscar uma caneta ao empregado do balcão e escreveu algo na sua mão, enquanto dizia: "-Tenho de me ir embora, vou amanhã para Sevilha. Quer dizer, vou embora em duas horas. E não posso atrasar-me". Ela acabou de escrever e apressou-se a ir buscar um casaco. O Greg olhou de um modo assustado, incapaz de me mover ou de reagir. Ele viu duas orelhas de coelho a desaparecerem por detrás da porta, e perplexo ficou a olhar para a palma da mão.

Sábado às 19 horas

Impressiona-me

+359 2658 4528

P.

beijo

impress-madrid-1cd786112636c3bc5985a6a6c

Sexta-feira 14 horas:

"-Leva-a à Ópera, como ela gosta assim tanto de teatro. " - disse o Matt enquanto apontava um churro gorduroso, que tinha sido mergulhado em chocolate, à cara do Greg. Eles estavam sentados em San Gines, provavelmente na chocolatería mais famosa de Espanha. Era um café de estilo retro, mesmo no coração de Madrid, onde as celebridades das fotografias olham para as pessoas a devorarem os típicos doces Espanhóis.

O Matt era o melhor amigo do Greg, e o seu nome completo é Mateusz e ele é da Polónia. Ambos estudam Engenharia Electrotécnica na Inglaterra, e ambos decidiram passar um semestre de Erasmus no Politécnico de Madrid. Ao contrário do Greg que sempre improvisa, o Matt era o tipo de pessoa que gosta de ter tudo planeado com antecedência.

Greg: "-Não, acho que a Ópera não é muito boa ideia. É verdade que ela mencionou o teatro, mas sabes que não sou nenhum milionário, e não quero que ela adormeça no seu primeiro encontro! Posso impressioná-la, e é da maneira errada. "

Matt: "-Quantos anos é que ela tem? ".

"-O que? " - O Greg ficou a olhar perplexo.

"-Nada, não te ofendas, apenas diz-me que ela parecia ter menos de 25 anos. Se sim, então não tens de gastar uma fortuna nos bilhetes de ópera. Na verdade irá custar 20 euros. E, para além disso, há outras coisas mais impressionantes do que o glamour do Royal Opera House. " - Claramente o Matt estava mais do que preparado sobre o sítio onde iria viver nos próximos meses.

Greg: "-Estou a pensar em levá-la ao Círculo das Belas Artes, tem um terraço com vista para o edifício Metrópolis e para a cidade de Madrid. Beber um tinto de verano no terraço e depois ir à Ópera, como tinhas dito. "

Matt: "-Faz isso então. É a melhor oportunidade que tens. Para a próxima podes levá-la ao Templo de Debod para verem o pôr do sol juntos. Plamena até é um nome bonito. "

Greg: "-És mesmo lamechas. "

impress-madrid-62609764f93030096e4567ece

Sábado 10 horas:

"-Não estava de todo à espera de virmos à Ópera. Já ganhas-te mais um ponto" - Plamena disse isto ao dar-lhe um beijo na cara, enquanto eles estavam de saída da Casa da Ópera. Eles ficaram na varanda a olhar para o Palácio Real, que se parecia magnífico com o dia a escurecer-se e as luzes das lanternas da rua acesas. "-Mas agora é a minha vez de te levar a um outro sítio. "

Eles foram em direção à Gran Vía, a rua principal de Madrid, e depois eles viraram à esquerda, desaparecendo no meio das ruas estreitas do bairro de Malasaña. Indo em direção a um labirinto de passagens, rapidamente o Greg já tinha perdido a sua orientação e por isso não faz a mínima como é que acabaram por chegar à Plaza Dos de Mayo (Praça dois de maio). E ele nem podia acreditar na vista que tinha em frente aos olhos dele. Depois de toda a pesquisa que ele tinha feito sobre sítios culturais e clássicos para levar a Plamena, ele não esperava acabar o seu dia de sábado num botellón. Nada do que ele tinha imaginado, de todo.

Rapidamente eles foram a um daqueles pequenos supermercados que estão abertos durante 24 horas por dia, e compraram uma garrafa da cerveja mais famosa de Madrid, a Mahou. Aquela que é particularmente querida para o clube do Greg.

impress-madrid-2be2992d97475bbccd3505e78

Eles agacharam-se e sentaram-se ao pé de uma parede da praça, entrando no típico ambiente de Malasaña. As suas longas conversas, as piadas "picantes" em Espanhol, em Inglês, em Francês ou qualquer outro idioma que eles iam escutando com as pessoas que passavam. Ele com um fato e ela com um vestido elegante, eles sem dúvida que contrastavam com a atmosfera envolvente, mas parecia que ninguém se importava. De vez em quando algum deles abria um novo tópico de conversa, e deram por eles a discutirem sobre o último episódio de Guerra dos Tronos.

"-Tens fome? " - Perguntou ela. Até aquele momento o Greg não tinha reparado que queria mesmo comer algo quente. Algo com queijo e gorduroso seria perfeito. E ela parecia que estava a ler o pensamento dele. "-Vou te levar a um sítio de pizza que é perfeito. "

Mais uma vez eles caminhavam perdidos pelas ruas do bairro, e ele sempre a pensar como é que seria possível as pessoas conseguirem orientar-se aqui. Depois de algumas voltas completamente ao acaso, eles acabaram por ir parar a outra praça, onde estava a acontecer outro botellón.

"-El calambache. " - Leu o Greg em voz alta.

"-Sim, é um sítio de pizza Argentina, apesar de que sinceramente não tem nada a haver com a Argentina. Mas acredita em mim vais adorar. " Eles juntaram à longa fila de espera, o que fez com que o Greg fica-se ainda mais faminto. O estômago da Plamena fez um barulho enorme, ou seja, ela também estava cheia de fome. Tiveram de esperar algum tempo, mas valeu a pena. A mozzarella derretida foi uma refeição deliciosa para o Greg.

"-Fogo! " - Pensou ele ao olhar para o seu relógio. Já passava um quarto de hora da 1 da manhã, e daqui a nada o metro ia fechar. Ele agarrou na mão da Plamela. "-Tenho de ir apanhar o metro antes que feche. Sabes o caminho? " Ela acenou ainda com a boca cheia de comida.

Eles correram até ao Tribunal, para verem se havia mais pessoas à espera na linha 10, mas a maioria deles estavam só a fazer uma festa. Sim, as pessoas em Madrid fazem festas no metro. O metro tinha chegado e eles juntaram-se à multidão, que aparentemente estavam a divertir-se imenso na última carruagem.

O Greg e a Plamena olharam um para o outro.

"-Temos toda a noite pela frente... "

impress-madrid-6afbb95888d07635bdd292200

Dicionário:

Teatro Kapital: já não é mais um teatro, mas sim uma grande e louca discoteca, que tem sete andares e um espaço muito engraçado.

Botellón: é um evento Espanhol que junta imensas pessoas, é como uma pré festa, pré aquecimento, que normalmente acaba por se tornar numa grande festa.

Tinto de Verano: é uma bebida muito famosa em Madrid, e consiste em vinho tinto misturado com limonada, é uma bebida que podes pedir em todos os lados.

Palácio Real: é o Palácio da Família Real Espanhola e é uma das maiores atrações turísticas de Espanha. Sem dúvida alguma que vale a pena a sua visita, especialmente pelo seu interior.

Opera: o Matt tinha razão, Madrid é o sítio perfeito para pessoas jovens, porque tem ótimos descontos. Porque aqui os bilhetes para a ópera, para o teatro e os passes para os transportes públicos são muito mais baratos para os jovens.

100 montaditos: é uma cadeia de comida onde tens uma grande variedade de pequenas sandes - montaditos - que apenas custam 1 euro cada uma. É um sítio muito popular em Madrid.


Galeria de fotos



Content available in other languages

Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!