Como candidatar-se a uma bolsa Erasmus em Espanha? | Conselhos Erasmus
Advertise here

Como candidatar-se a uma bolsa Erasmus em Espanha?

Se está a pensar em ir para o estrangeiro e não sabe como candidatar-se a uma bolsa Erasmus ou os requisitos para ir de Erasmus, não vá a lado nenhum e continue a ler. Neste artigo, vou dizer-lhe que nota média precisa para a bolsa Erasmus, quanto é a bolsa Erasmus, as vantagens de ser um estudante Erasmus, as diferentes opções de destino Erasmus e os passos a dar para obter a bolsa Erasmus para 2019-20 do Ministério da Educação.

O que é uma bolsa Erasmus?

Como já sabem, o programa Erasmus promove a mobilidade dos estudantes universitários no seio da União Europeia. Este programa pode durar entre três meses e um ano e as notas obtidas no estrangeiro, serão transferidas para a sua universidade de origem quando regressar.

Bem, este programa oferece uma bolsa designada por, bolsa Erasmus, que facilita a mudança para um país estrangeiro. O objetivo principal desta bolsa é cobrir os custos de mudança e a diferença do custo de vida, entre o seu país de origem e o seu país de destino Erasmus.

Se se sente atraído pela ideia de estudar no estrangeiro, veja as experiências reais de outras pessoas que também fizeram Erasmus.

Como candidatar-se a uma bolsa Erasmus em Espanha?

Requisitos

O primeiro requisito para poder candidatar-se a uma bolsa Erasmus, é residir num dos países da União Europeia. Depois disso, só precisará de preencher estes outros dois:

  • Académico. Para se candidatar a uma bolsa Erasmus, deverá passar o primeiro ano do curso ou receber 60 créditos ECTS. Também deve obter uma nota média superior à nota de aprovação (normalmente superior a 6).
  • Financeiro. Seja qual for a sua situação financeira, a Comissão Europeia oferece um montante fixo de bolsa Erasmus. A quantidade pode variar dependendo de ter ou não recebido anteriormente, uma bolsa geral do Ministério da Educação. Mas, normalmente, esta bolsa é de cerca de 300 euros por mês. Para além desta ajuda financeira, algumas cidades concedem-lhe uma bolsa adicional.

Passos para se candidatar a uma bolsa Erasmus

Estas bolsas são tratadas na universidade onde está a estudar. Cada universidade normalmente, tem o seu próprio coordenador Erasmus: a pessoa que o ajudará com toda a papelada e com quaisquer problemas que possam surgir no vosso destino.

Não existe um guia que lhe explique passo a passo como obter uma bolsa Erasmus. Cada universidade tem prazos e processos diferentes, pelo que tudo depende de como a sua universidade de origem e de destino funcionam.

O mais importante a ter em conta é que o objetivo do programa Erasmus (para além de conhecer pessoas e sair para festas) é viver numa nova cultura e dar-lhe um conhecimento mais amplo do mundo. Por isso, é importante escolher um destino que atenda as suas necessidades. Se ainda não sabe para onde ir, deixo-o com este artigo, as 5 melhores cidades para fazer o seu Erasmus.

como-solicitar-beca-erasmus-eef200d928d8

Para facilitar este processo, elaborámos um guia sobre como candidatar-se a uma bolsa Erasmus:

  1. Prazos. A primeira coisa que tem de fazer é assistir a algumas conversas informativas na sua universidade. Outra opção é dirigir-se ao Gabinete de Relações Internacionais e perguntar quais são os prazos para a sua candidatura Erasmus. Cada universidade tem os seus próprios prazos, embora a maioria delas normalmente comece a processar as candidaturas entre Novembro e Dezembro.

  2. Candidatura. Depois tem de apresentar a sua candidatura. Será pedida a sua média de notas, os níveis de línguas que possui e o curso em que está inscrito (os estudantes em cursos de línguas têm geralmente prioridade).

  3. Línguas. Para obter a bolsa Erasmus, é necessário passar um teste de nível linguístico. Se não tiver qualquer qualificação linguística oficial (geralmente pedem um nível B1 na língua). terá de se inscrever para um teste de nível na sua universidade. Por norma, faz o teste antes de enviar a sua candidatura. Os níveis linguísticos são normalmente avaliados, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas.

  4. Outras evidências. Para além dos testes de nível linguístico, há universidades que fazem entrevistas para o conhecer melhor e para ver o interesse que tem em participar num intercâmbio Erasmus.

  5. Publicação de listas provisórias. Estas listas mostrarão os estudantes que obtiveram um lugar e seus destinos. Podem dizer-lhe que faltam alguns documentos, por isso certifique-se de tudo ou o seu lugar irá para outro estudante na lista de espera.

  6. Alteração. Neste período de alteração, pode corrigir os erros em relação ao seu destino ou às notas obtidas e pode dar-lhes quaisquer documentos em falta.

  7. Publicação das listas finais. Após as alternâncias, publicarão a lista definitiva dos estudantes que foram admitidos e os seus respetivos destinos; certifique-se de que tudo está em ordem, especialmente se fez quaisquer modificações à sua candidatura.

  8. Aceitação da colocação. No Gabinete de Relações Internacionais, eles lhe darão um documento que tem o seu selo de aprovação (ou aceitação) para o seu lugar e o destino que lhe foi atribuído.

  9. Application Form. Depois de lhe ter sido atribuído um lugar na universidade de destino, deve enviar uma candidatura, chamada Application Form, para que possa ser aceite e eles possam conhecê-lo um pouco mais. Cada universidade tem prazos diferentes para esta candidatura, o Gabinete de Relações Internacionais da sua universidade poderá informá-lo de tudo isto.

  10. Learning Agreement. É uma espécie de formulário de inscrição no qual terá de escolher as disciplinas que irá cursar durante o seu Erasmus. Terá de ter dois exemplares, um para a sua universidade de origem e outro para a universidade de destino. Se quando chegar ao seu destino não estiver satisfeito com os temas que escolheu, não se preocupe, poderá modificá-las desde que ambas as universidades estejam de acordo. Como o prazo para efetuar estas alterações é curto, o melhor a fazer é contactar o seu coordenador Erasmus, para que possa estar a par de tudo.

  11. Inscrição. Depois de ter seguido todas as etapas acima, só terá de se inscrever na sua universidade de destino para as disciplinas que elegeu, no Learning Agreement. Deve inscrever-se em 30 créditos, se vai realizar uma estadia de um semestre ou em 60, se a estadia é para todo o ano letivo. Finalmente, quando terminar a sua estadia Erasmus, a universidade de acolhimento enviará um relatório à sua universidade de origem, indicando se passou ou não em todas as disciplinas.

como-solicitar-beca-erasmus-4fda6b9ae6bd

E finalmente...

Só lhe resta fazer as malas e desfrutar da aventura! Já superou toda a confusão da papelada e agora é tempo de aproveitar ao máximo, esta oportunidade. Se não sabe como colocar toda a carga na mala, dê uma olhada nos truques para fazer a mala Erasmus.

Não se esqueça!

Se está à procura de alojamento, podemos ajudá-lo! Erasmusu oferece, centenas de quartos espaçosos, estúdios, residências universitárias e apartamentos para que possa encontrar a sua casa perfeita mesmo antes de chegar à cidade.

Se gostou deste artigo, não se esqueça de seguir-nos no Facebook, Twitter e no Instagram!

Sabia que Espanha foi, na verdade, um dos locais onde o famoso "Jogo dos Tronos" foi filmado? Quer saber onde mais foi filmado o "Jogo dos Tronos"? Veja este guia completo dos 10 países diferentes que podem ser vistos no fundo da série icónica.


Galeria de fotos



Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!