Advertise here

A interpretar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa


Porto - o meu primeiro amor irremediável

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

O que eu sabia sobre o Porto quando me candidatei para a bolsa de estudos de Erasmus:

- É a segunda maior cidade de Portugal;

- Fica ao longo da costa do Oceano Atlântico e há um rio em algum lado;

- É um destino popular e barato para os estudantes.

Parecia que o meu sonho de viver perto do mar se concretizaria. Mas, de facto, eu não sabia nada… Eu estive no paraíso durante toda a minha experiência de estudar no estrangeiro!

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

Podíamos ter adiado a nossa viagem porque a Adela (a minha companheira de viagens) e eu comemos um gelado no aeroporto de Milão. Já sabem… Itália tem os melhores gelados… Contudo, conseguimos chegar!

Aqui está o Porto, visto do céu:

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

Tenham cuidado! Mesmo que seja no início do outono, levem roupas quentes se planeiam visitar Portugal! Não se esqueçam do guarda-chuva!

Dizem que as pessoas portuguesas são como as cebolas! De manhã põem muitas camadas de roupa e, assim que começam a fazer atividades, a aqueces, eles tiram (‘descascam’) as camadas uma por uma. Ao anoitecer, voltam a colocá-las, uma por uma. No dia seguinte, o ciclo repete-se! :))

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

Turismo - ou, como eu gosto de lhe chamar, andar por aí no mínimo uns 10 km por dia

Fui muitas vezes a Vila Nova de Gaia, ao outro lado do rio Douro, onde existem a maior parte das adegas do vinho do Porto. A Ponte D. Luís ajudou-me a lá chegar, oferecendo-me as melhores vistas para pores-do-sol.

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

De lá, podem admirar as casas tradicionais e coloridas ao longo da Ribeira, a vizinhança considerada património mundial pela UNESCO.

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

A maioria dos edifícios no Porto são decorados com telhas de cerâmica, chamadas azulejos. Alguns deles representam locais históricas (como a estação de comboios de São Bento na foto em baixo), figuras religiosas, mas as minhas favoritas são os azulejos amarelos de alto relevo ou como os portugueses dizem: “os ovos”.

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

O Porto oferece tudo, na minha opinião! É por isso que cada vez que quero visitar algum sítio, não faço lá compras! Descubro sempre “extras” pelo caminho.

  • Comida deliciosa, desde a francesinha (um êxito calórico coberto por molho feito de cerveja e tomates - incrível, não é? ) até ao peixe grelhado (experimentem bacalhau na zona portuária). Como sobremesa eu recomento o pastel de nata!

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

  • Praias de areia maravilhosas

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

  • Pontes que te oferecem sentimentos fantásticos e inexplicáveis

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

  • Pessoas calorosas e encantadoras, tal como o meu professor experiente que nos aconselhou a visitar os pontos de interesse em Portugal

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

  • Vida noturna animada

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

  • Ambiente internacional

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

  • Diversos cafés e bares de cocktail (Mirajazz - um dos meus favoritos)

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

  • Cultura complexa, vinda de uma história rica e pitoresca

A próxima foto mostra o pôr-do-sol sangrento a cobrir a catedral do Porto: a Sé do Porto. Este tipo de catedral (Sé) pode-se encontrar em todas as grandes cidades de Portugal.

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

  • Arte de rua - “O Coelho de Lixo” através do qual o autor quer fazer com que as pessoas tenham consciência da sustentabilidade e eu apoio totalmente, já que, na minha opinião, a ecologia do Porto é pouco devenvolvida para uma área urbana tão importante.

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

Quase concluindo...

Talvez te tenhas questionado, quando clicaste no meu título, qual era a história por detrás dele, por isso aqui está a minha inspiração: a minha senhoria, Cristina. Ela ensinou-nos muitas lições valiosas, mas a primeira, antes de sair para o centro da cidade do Porto, foi: “Se, a meio da noite, alguém te abordar no meio da rua ou assim, anda como se fosses uma rapariga portuguesa orgulhosa, que sabe o seu caminho, acena se necessário e apressa-te”. Muito engraçado para um primeiro encontro, não é?; ))

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

E para ‘o fim’, aqui um pequeno conselho: visitem o Porto, explorem as ruas estreitas e mágicas e desfrutem de um copo do licor de amêndoa local (Licor Beirão) no café Casa da Música. Há concertos grátis às quartas!

A desempenhar o papel de uma rapariga Portuguesa orgulhosa

Viva!


Galeria de fotos



Partilha a tua Experiência Erasmus em Porto!

Se conheces Porto como nativo, viajante ou como estudante de um programa de mobilidade... sobre Porto! Avalia as diferentes características e partilha a tua experiência.

Comentários (0 comentários)



Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!