Advertise here

20 razões para ir ao Porto

Publicado por Nuno vanZeller — há 4 anos

Blogue: O canto da mixórdia
Etiquetas: Blogue Erasmus Porto, Porto, Portugal

A magnífica cidade do Porto. Eleita como o Melhor Destino Europeu em 2014 pelo European Consumers Choice pela segunda vez (sendo que a primeira foi em 2012), a “Invicta” recebe esta distinção pelos vários motivos que vou elaborar em seguida (assim como uma ou duas curiosidades):

1. A Francesinha

x-razoes-ao-porto-b2dc5b99e7773cb3c971c6

Fonte

Não posso deixar de insistir nisto. Já cansa, aposto, mas é só para verem o quão bom é e o quanto vale a pena provar esta iguaria! Quer dizer, olhem só para isto! “Mas eu sou vegetariano/a! ” Não há problema! Há versões vegetarianas igualmente boas! (bem, igualmente talvez não, mas ouvi dizer que são boas também. Nunca provei a vegetariana por isso não sei. )

2. Tascas e outras comidas

x-razoes-ao-porto-4ce9a74f059d96895699f4

Tripas à moda do Porto. Fonte

x-razoes-ao-porto-c4dece72ee52ee0d091670

Bacalhau à Gomes de Sá. Fonte

Para além da francesinha, o Porto é também famoso pelas Tripas à moda do Porto (daí os portuenses serem chamados de “tripeiros”), o Bacalhau à Gomes de Sá, e as bifanas à moda do Porto. Estes pratos típicos encontram-se na maior parte dos restaurantes da cidade, mas há umas quantas tascas onde se come melhor que em muitos restaurantes e mais barato também! No caso das bifanas especialmente é nas tascas onde se comem as melhores, por exemplo no Conga. Há ainda outras tascas famosas, como A Badalhoca, que serve as melhores sandes de presunto, e a Casa Guedes que serve sandes de pernil de outro mundo. Há ainda muitas outras, por isso aconselho a explorar todas as opções!

3. Vinho do Porto

x-razoes-ao-porto-c02a5cd16f672279a699d5

Vinho do Porto. Fonte

Acho que nem preciso de explicar isto, pois não?

4. Paisagens estonteantes

x-razoes-ao-porto-8863125b218979718d18fe

Vale do Douro. Fonte

x-razoes-ao-porto-2089f8e16d1d04943b3843

Ponte D. Luis I. Fonte

Dá para fazer uma viagem de barco pelo rio Douro e apreciar a beleza natural do Vale do Douro. Para além disso, vale sempre a pena procurar miradouros na cidade para observá-la toda do alto e ficar espantado com a vista. Afinal, estamos a falar do Porto, que é facilmente uma das cidades mais bonitas da Europa.

5. A cidade e as ruelas

x-razoes-ao-porto-4c9c2523ce27df55c25e99

Cidade e ruelas. Fonte

Em termos de edifícios e da arquitetura, o Porto mostra-se como uma cidade antiga, mas não no mau sentido. Os edifícios velhos (e alguns que até parecem prontos a ruir) são os que dão à cidade todo o encanto e cor. Juntando estes edifícios ao rio, e tirando uma foto desde o Cais de Gaia, tem-se uma imagem que praticamente conta tudo da beleza do Porto. Mas claro, mas entender por completo há que andar e subir e descer as ruas e ruelas da Invicta. Atenção que é muito caminhar, mas vale bastante a pena.

6. Monumentos e o centro histórico

x-razoes-ao-porto-e4c8d828cf44b2e1da32b0

Monumentos: Torre dos Clérigos (esquerda), Aliados (direita cima), Sé do Porto (direita baixo). Fonte

O centro histórico do Porto está classificado como património da humanidade pela UNESCO. Aí há que ver a Torre dos Clérigos, o Palácio da Bolsa, a Sé do Porto, entre muitos outros monumentos e igrejas.

7. Estádio do Dragão

x-razoes-ao-porto-5df73830dcc7b759c60efc

Fonte

Casa do F. C. Porto, este estádio é um ícone da cidade, não só por se a casa do clube portista, mas mais porque é uma peça de arquitetura de grande beleza, projetado pelo arquiteto Manuel Salgado, e é elogiado por muitos pela beleza arquitetónica. Foi inaugurado em 2003, num jogo amigável contra o F. C. Barcelona onde um jovem de 16 anos chamado Lionel Messi se estreou na equipa principal. O estádio conta também com um museu do clube, onde se pode ver toda a história do clube até agora.

8. Casa da Música

x-razoes-ao-porto-0cff225b3a374f137a3cde

Fonte

Outro ícone enorme da cidade, e localizado na Rotunda da Boavista que é um dos locais com maior afluência de população no Porto, esta peça de arquitetura genial e bastante aclamada por críticos internacionais é a principal casa para muitíssimos concertos musicais, tanto de orquestra como banda, e conta com bastantes eventos do género (alguns até gratuítos! ).

9. Museus e caves do vinho

x-razoes-ao-porto-cd8a1a632f5e4f9b337a67

Caves Sogrape Vinhos. Fonte

x-razoes-ao-porto-76637a4d3ffc13a7b7aeb2

Casa Serralves. Fonte

Para os amantes da arte, há o Museu de Arte Contemporânea de Serralves, um museu com uma bela arquitetura e com o belo jardim da Casa Serralves (que não se confunda com o Museu. São dois edifícios diferentes).

Para os amantes do vinho, há o Museu do Vinho do Porto na Alfândega e as caves de vinho do Porto na margem de Gaia para visitar. Nas caves, pode-se fazer um tour onde no final nos dão a provar uns copos de vinho (cuidado é com a quantidade que se bebe! ).

10. Estação São Bento

x-razoes-ao-porto-e9e4f621aa970819873264

Azulejos da estação de São Bento. Fonte

Uma estação diferente das a que estamos habituados, pois esta tem um bonito painel de azulejos com temas históricos, principalmente do Norte de Portugal. A partir desta estação, pode-se apanhar comboios Urbanos e Regionais para vários destinos, como Braga, Viana do Castelo, Marco de Canaveses e Guimarães. Aconselho vivamente a aproveitar o comboio para Guimarães para que possam visitar a cidade berço de Portugal!

11. Festas populares

x-razoes-ao-porto-fc618ede50598eec067dcb

Os martelinhos de S. João. Fonte

A maior festa tradicional anual no Porto é, sem dúvida, o São João na noite de 23 de Junho. Todos saem à rua com os martelinhos ou alho-porro, põem balõezinhos de ar quente a voar pelo céu da cidade, comem as tradicionais sardinhas, e desfrutam à meia-noite do grande fogo-de-artifício no rio Douro. Para além do S. João, há imensas feiras populares a acontecer durante o ano todo, principalmente no verão, e vários eventos musicais (alguns até com entrada livre! ).

12. Vida noturna

x-razoes-ao-porto-feebd6c24e79976bc4e1b0

Interior do Coliseu do Porto. Fonte

x-razoes-ao-porto-00502def4901acea209ce4

A típica segunda-feira na ribeira do Porto. Fonte

Na baixa do Porto é onde há mais. Na ribeira, na zona do Piolho, nas Galerias de Paris, Praça dos Poveiros, Avenida dos Aliados, entre outros locais. Em termos de bares e pubs, a oferta é imensa, sendo os mais populares o Lado B, o Armazém do Chá, V5, entre muitos outros. O que não falta é escolha. Discotecas igualmente. Ou então, se preferires passar uma noite mais calma, podes sempre ir ao Teatro Rivoli ou ao Coliseu do Porto ver um espetáculo, ou então podes desfrutar de música no Hard Club ou no Maus Hábitos.

13. Transporte clássico

x-razoes-ao-porto-cfc1cca0ab6b03a909d8a7

Eléctrico do Porto. Fonte

Quando no Porto, a maneira mais interessante de nos deslocarmos para vários pontos da cidade é através dos elétricosantigos que ainda circulam pelas ruas. Já não há tantos quanto antes, claro, mas continuam alguns em circulação e fazem percursos ótimos pela cidade. Há ainda um museu, o Museu do Carro Eléctrico, onde se pode ver toda a coleção de eléctricos construídos e a sua história.

Para quem ver o rio e viajar nele, então os clássicos barcos rabelos são a melhor opção.

Harry Potter e a Invicta

Mas o que é que os dois têm a ver, perguntam-se? Bastante, por acaso. A J. K.Rowling, autora de Harry Potter, viveu alguns anos no Porto a ensinar inglês, e aproveitava o tempo livre para frequentar uns locais e escrever uns rascunhos para um livro (qual seria o livro? hmmm... ). Sabiam que…:

14. A livraria Lello e Irmão,...

x-razoes-ao-porto-cfd54735fc30040df71b10

Fonte

considerada uma das mais bonitas do mundo (se não a mais) e classificada como monumento de interesse público juntamente com o mercado do Bolhão em 2013, serviu como inspiração à autora J. K.Rowling para a saga Harry Potter? É verdade, sim, até porque se forem fãs atentos vão reparar nas semelhanças entre esta biblioteca e a biblioteca de Hogwarts e com a loja de livros ficcional “Flourish and Blotts”! Ela também costumava frequentar o café da livraria para escrever a obra dela.

15. O café Majestic...

x-razoes-ao-porto-9e9b8f1fd4094d59c2a690

Fonte

Era também um local que a autora frequentava bastantes vezes. E tendo em conta o sítio que é, ninguém a pode censurar. Deve ser bastante agradável escrever aqui.

16. Os trajes académicos...

x-razoes-ao-porto-063ceb4116388c8edfd1c0

Fonte

Principalmente as capas dos estudantes universitários do Porto foram a base do traje dos aprendizes de Hogwarts? Pois é. Dá para ver as semelhanças, realmente. A úncia diferença é o contexto da utilização, visto que nem sempre se vê estudantes a usá-lo. Só mesmo quando há algum eevento especial na universidade ou quando vão praxar os caloiros. E vale sempre a pena assistir pelo menos uma vez a estes rituais típicos dos universitários que acontecem frequentemente em tempo de aulas.

17. As ruas do Porto...

x-razoes-ao-porto-99c96a026b0742520e0f2a

Rua de Santa Catarina. Fonte

Também fizeram parte da ideia para a Diagon Alley? Todas as lojas pequenas em cada lado, o chão, o ambiente, o movimento... é parecido!

18. As praias

x-razoes-ao-porto-0e9d00388063b791277f94

Senhor da Pedra, Miramar. Fonte

Já sem relação com o Harry Potter, o Porto conta com uma grande costa na qual existem imensas praias de boa qualidade banhadas pelo oceano Atlântico. O mar é um bocado frio, sim, mas é assim que tem de ser no norte! E ver a praia ao pôr-do-sol é algo fenomenal. Há praias boas tanto no Porto como em Gaia, por isso recomendo que percorram toda a linha de costa (de bicicleta é que se faz um bom exercício, atenção).

19. A Foz

x-razoes-ao-porto-150dafed79eb8e085b00be

Fonte

Depois há ainda a zona da Foz do Douro, que é uma zona lindíssima e obrigatória para os turistas, com praia e cafés fantásticos, e com o Edificio Transparente.

20. Palácio de Cristal/Pavilhão Rosa Mota

x-razoes-ao-porto-4acf46bbca199b678b6dd0

Fonte

Esta construção lindíssima conta com uns jardins igualmente (ou ainda mais) belos a rodeá-la, que dão uma vista fantástica para o rio e para a cidade de Gaia após. Aqui neste edifício têm lugar variadíssimos eventos durante todo o ano, sejam desportivos ou culturais.

É chamado Pavilhão Rosa Mota em forma de homenagem a uma das maiores atletas de Portugal com esse nome.

E acho que é tudo. Eu sei que há muitas outras coisas que valem a pena ver e experimentar, como o parque da cidade, a francesinha... ah espera, eu já a referi antes. Sim, foi logo a primeira coisa. Mas deixa lá, fica aqui outra vez porque é importante. Mas se me esqueci de algo, escrevam nos comentários!

Até à próxima!


Galeria de fotos



Content available in other languages

Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!

Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!