Dois Dias em: Wrocław, Polônia

dois-dias-wroclaw-2b3e63c40e4c5bfdc872a8

 Muzeum Narodowe we Wrocławiu.

Como todo bom estudante de intercâmbio, e morador de residência universitária, o que a gente mas faz é amizade. E é por aí que começa o início dessa história. Depois de 4 meses ouvindo tak, nie e kurwa (brincadeira viu), fomos conhecer essa charmosinha cidade que é a Breslávia (Breslávia ou Bratislávia é o nome em português para Wrocław)

E a primeira coisa que vi foi: neve! Sim, pela primeira vez na vida eu vi neve (que emoção viu). 

Se você estiver pensando em ir conhecer Wrocław recomendo muito! A moeda é Złoty, por isso lembre-se de fazer a troca, caso você esteja em algum país da União Europeia! Além disso, as coisas são muito baratas comparadas nos outros países europeus se você pensar como "euro". Eu passei a viagem toda com +|- 50 euros então... 

Como fomos com nossos amigos que moram na cidade, ficamos na casa deles. Por isso sem dicas de hostel. Por outro lado, fez com que nossa experiência fosse ainda mais maravilhosa! 

Logo que chegamos, fomos jantar na casa de um dos nossos colegas. Típica comida polonesa, com direito a piroge e tudo. E adivinhem o que descobri: eles também comem uma versão da nossa cuca de banana brasileira gente! (Ou seria nossa cuca a versão brasileira da polonesa? Fica aí a questão...) Se você é do sul sabe do que eu tô falando. Fiquei bem emocionada, mas é claro sem banana. A polonesa é com maçã! Uma delícia também... (abaixo foto ilustrativa da "cuca" de Maçã)

dois-dias-wroclaw-e32eb1ab043ae3f71ec42e

Pra mim será eternamente cuca de maçã. 

Também comi algumas guloseimas e experientei aqueles suquinhos gostosos, porque nem só de comida caseira vive a gente...

A cidade é muito charmosinha! Vale muito a pena caminhar pelo centro histórico da cidade, além de visitar os museus.

Um conselho que dou é: acorde cedo se quiser fazer mais programas culturais. A noite começa a escurecer bem cedo e os museus fencham cedo também.

Infelizmente, não pude visitar o Museu Nacional, Muzeum Narodowe we Wrocławiu. (primeira foto, no inicio) Apenas passei pela frente do museu no meu tour pela cidade. Quando fui ao museu ele já estava fechado (fecha às 16h no inverno). 

Visitei o Paronama Racławicka. É um espaço que retrata uma batalha bem importante na história, por meio de uma pintura em 360°. É lindão viu. Dispõem de  audioguia (não te, na Língua Portuguesa, mas tem em Inglês e Espanhol). Segue abaixo uma fotinho do Paronama Racławicka!

dois-dias-wroclaw-5c3a311d7faeffe4c21fc4

Depois da visita ao Panorama rolou uma ida a patinação no gelo. Minha primeira da minha vida! É bem divertido, porém no meu caso que nunca andei de patins, e experiência zero, voltei com os joelhinhos roxo. Tem uma musiquinha bacana pra animar a pista, então você nem sente o frio. Mas aconselho  ir bem agasalhado, pois o vento é bem gelado, você acaba suando bastante e pode ficar meio resfriado. 

No segundo dia, visitamos o Pawilon Czterech Kopuł. É uma instituição nova, braço do Museu Nacional, com a temática relacionada a arte, sobretudo de artistas Poloneses. Amei forte viu! Acho que dedicarei um blog só pra ele <3. Recomendo de mais. 

dois-dias-wroclaw-54a79e851fddcda6cd3942

Pawilon Czterech Kopuł

No segundo dia, foi a segunda ida para patinar no gelo e voltei pra Berlin. Essa foi uma experiência de um pedaçinho da Polônia que tanto amei. 

dois-dias-wroclaw-2e14feca3b5e17db893509

Isso é tudo pessoal.


Galeria de fotos


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!