Advertise here

Fazer risotto pela primeira vez!

Publicado por Ana Carolina Helena — há 2 anos

0 Etiquetas: Experiências Erasmus Milão, Milão, Itália


Mais uma receita italiana

No seguimento da semana passada, tentámos (eu + a minha colega de casa portuguesa + a minha colega belga) mais uma vez recriar uma receita tipicamente italiana para o jantar de Sexta-feira à noite. Desta vez o prato escolhido foi o risotto. 

O risotto é um prato italiano que admite várias variantes desde as versões mais típicas - o risotto alla parmegiana (com queijo homónimo e cebola) e ai funghi (com cogumelos), a versões mais arriscadas e modernas. Em Milão, inclusivamente um dos pratos que mais caracteriza a cozinha da região é um risotto - risotto alla milanese -, feito com açafrão, fazendo com que tenha uma cor bastante vivida e ameralada. 

Optámos por fazer risotto ai funghi, pois encontrámos uma receita online que nos pareceu bastante simples e rápida, o ideal para um jantar depois de um dia intenso a fazer maquetes. 

Fazer risotto pela primeira vez!

Colocando o caldo - Março de 2017

O que comprar?

Fomos rapidamente ao supermercado e comprámos todos os ingredientes que necessitávamos facilemnete no supermercado que temos bem perto de casa; nenhum ingrediente era muito específico. Eis o que necessitávamos para 3 pessoas:

RISOTTO AI FUNGHI 

- 300g de arroz (carnaroli);

- 3 ou 4 cogumelos porcini (substituímos por congelados em quantidade semelhante);

- 1,5l de caldo vegetal (basta um cubinho Knorr);

- 1 chalota (substituímos por meia cebola grande);

- 50g de manteiga;

- 100g de granapadano ralado;

- 1/2 copo de vinho branco;

- 1 fio de azeite; 

Para temperar: 

- Uma pitada de sal;

- Um pouco de coentros;

- Uma pitada de pimenta negra;

- Mais queijo ralado a gosto;

Fazer risotto pela primeira vez!

Resultado final - Março de 2017

Como fazer?

Segue-se agora o processo simplificado (estávamos cheias de fome, já eram cerca de 20h30) que demorou coisa de 30 minutos (o risotto tradicional pode cozer quase 45 de modo a ter imenso sabor). Ficámos com a impressão que até era bem mais fácil do que inicialmente pensámos; 

1- Começámos por pôr a aquecer uma panela, que será necessária durante todo o processo, cerca de 1,5l de água a aquecer - de modo a preparar o caldo;

2 - Depois, por outro lado, partimos muito finamente a cebola e noutra panela deixámo-la alourar por cerca de 1 minuto apenas com um fio de azeite; Assim que a cebola fique translúcida é tempo de colocar o arroz e envolvê-lo. Imediatamente coloca-se um pouco de vinho branco;

3 - Na outra panela com água, que entretanto já deve ter entrado em ebulição, coloca-se o cubo Knorr e espera-se que derreta. Deve utilizar-se uma concha da sopa para os passos seguintes. 

4 - Mal o arroz absorva o vinho, é tempo de colocar a primeira colher de caldo, que deve cobri-lo levemente. O lume deve ser brando de modo a que o arroz coza calmamente. 

5 - De seguida, adicionar os cogumelos, partidos em bocados finos, e uma pitada de sal. O processo de colocar uma nova colher de caldo deve seguir-se e repetir-se até o caldo acabar. Deixando que o caldo vá sendo absorvido lentamente é o segredo para o arroz molinho e suave como se quer para o risotto. O arroz deve cozer pelo menos cerca de 15/20 minutos (ir provando para ver o estado do arroz).

6 - Quando já tudo estiver cozido e na iminência da última colher de caldo, é tempo de juntar a manteiga e o queijo, que precisam apenas de ser envolvidos e cozer durante breves minutos. 

7 - Para melhor resultado deve ser servido imediatamente, temperando com um pouco de coentros e de pimenta preta. Queijo ralado extra também é indicado para os amantes deste produto!

8 - Acompanhar com um bom vinho branco (no nosso caso, o resto da garrafa do que tinhamos utilizado para o risotto)!

Fazer risotto pela primeira vez!

A mesa versão 1 - Março de 2017

O nosso agradável jantar!

Optámos por um vinho branco frizante Chardonnay que era bastante agradável e leve, deixando o risotto brilhar. Cozemo-lo cerca de meia hora mas para uma tentativa futura deixá-lo-ei estar mais dez minutinhos para um resultado ainda mais suave. 

Tivemos um serão muito agradável mais uma vez e estamos contentes por estarmos a desenvolver as nossas capacidades culinárias. À chegada aos nossos países de origem vai ser bom poder voltar a reproduzir estas "pérolas" da culinária italiana para a família e para os amigos. 

Para nós, também é um momento importante de reflexão no dia e na semana e que nos ajuda a acertar pontos e os nossos planos para a semana, essencial para quem partilha casa com outros estudantes, de modo a manter um ambiente simpático e o companheirismo. Na próxima semana voltaremos sem dúvida a repetir e até já temos algumas ideias de quais poderão ser os próximos pratos. Até lá!

Fazer risotto pela primeira vez!

Mesa versão final - Março de 2017


Galeria de fotos


Partilha a tua Experiência Erasmus em Milão!

Se conheces Milão como nativo, viajante ou como estudante de um programa de mobilidade... sobre Milão! Avalia as diferentes características e partilha a tua experiência.

Comentários (0 comentários)



Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!