Advertise here

Budapeste: A Pérola da Europa Oriental

Budapeste, a pérola da Europa Oriental, tem uma incrível arquitetura, lindas paisagens e pessoas simpáticas que estão sempre prontas a ajudar. Na minha opinião, todos os viajantes devem marcar esta cidade como visita obrigatória na sua lista de viagens, pois vai certamente surpreender.

Toda a gente irá encontrar aqui algo que a interessa. É por isso que tantos alunos de Erasmus têm escolhido Budapeste para passarem um semestre ou até um ano. Eu sou uma uma estudante da Geórgia na "Budapest Business University"; é o meu segundo ano cá e como já conheço a cidade e o estilo de vida bastante bem, posso partilhar a minha experiência e conhecimento para os viajantes que estejam prontos para novas aventuras.

Budapeste: A Pérola da Europa Oriental

Antes de Chegar

Antes de ir a algum lado num país estrangeiro, cidade ou outro lugar, é importante fazer alguma pesquisa sobre ele para não ficar perdido num novo ambiente. Assim, primeiro, é necessário saber onde deves comprar bilhetes - existem imensas maneiras de encontrar bilhetes baratos em Budapeste:

  • Autocarro e Comboio - Eu utilizo uma aplicação própria chamada "Busradar" que dá informação sobre todos os comboios e autocarros como os horários, preços, e claro, permite comprar bilhetes online a partir da aplicação.
  • Blabla car and Oszcar - são plataformas que conectam pessoas que precisam de fazer determinada viagem com condutores que têm lugares livres a preços acessíveis.
  • Avião - podes viajar com a "Wizzair", "Ryanair", "Easyjet" que são companhias aéreas lowcost e têm voos diretos para Budapeste.

Depois dos bilhetes comprados, é necessário encontrar um sítio para ficar. Existem várias formas de procurar assim como existem oportunidades para todos os tipos de viajantes e carteiras. Em sites como Booking.com é possível encontrar um bom sítio para ficar.

As minhas recomendações são as seguintes:

  • Reservar um hotel - "Four Seasons", "Aria Hotel", "Boscolo" - são dos melhores hotéis em Budapeste, com uma elevada qualidade de serviço.
  • Reservar um hostel - Existem várias opções baratas desde 10 euros por dia como: "Opera hostel Budapest", "Avenue hostel", "One step hostel", "Retox" - e todos estes são no centro da cidade.
  • Airbnb - É também uma opção que tem preços bastantes acessíveis.

É uma boa ideia escolher acomodação perto do centro (Distritos 5 e 6 em Budapeste) para não perder tempo durante a viajem. Para além disso, fazer uma reserva com antecedência permite encontrar um melhor lugar e um preço mais acessível.

Budapeste: A Pérola da Europa Oriental

Porque é importante ter conhecimento das taxas de câmbio?

É muito importante estar informado acerca das taxas de câmbio na Hungria para não ser desfavorecido no processo de câmbio. Existem vários sítios onde fazer a troca, no entanto, usa apenas os sítios oficiais. Nunca utilizar a zona turística, principalmente na Vaci Street ou perto da Deak square. Antes de fazer a troca deve-se perguntar sobre a comissão, pois apenas alguns sítios não a cobram. No aeroporto, as taxas de câmbio costumam ser mais baixas.

  • 1Euro = 305 HUF
  • 1USD= 265 HUF
  • 1GEL=110 HUF

Sobre o aeroporto de Budapeste

Existe um aeroporto em Budapeste que se chama: Budapest Ferenc Liszt International Airport e não é muito longe do centro da cidade. Depois de sair do aeroporto apanha-se o autocarro número 200E, que pára à porta do aeroporto por isso não é necessário andar muito; o autocarro vai até à estação de metro mais próxima (linha azul) - M3 e a partir do metro consegue-se chegar a qualquer lugar em Budapeste. Os bilhetes de transporte podem ser comprados nas máquinas de bilhetes existentes nas paragens e custam 350 HUF que é 1, 20 Euros, também é possível comprar um passe diário ou outros tipos de passe. Outra opção é o autocarro número 100E que vai direto ao centro da cidade e o preço é 900 HUF, ou seja, 3 Euros. Para além disso, é possível apanhar um táxi - existem vários à porta do aeroporto, mas comparando com os preços em Budapeste é mais caro, a viagem até ao centro ficaria por mais ao menos 25 euros.

Condições climáticas em Budapeste

Em Budapeste existe um clima continental húmido. O típico inverno dura quatro meses, desde o fim de novembro até ao início de março, e por vezes, a temperatura atinge os -15 graus. Quanto ao verão, é suficientemente quente e a temperatura pode chegar aos +35-40 graus, no entanto, a temperatura média é +30-33 graus. Assim, antes de vir é preciso escolher a roupa cuidadosamente e verificar a meteorologia antecipadamente.

budapest-pearl-eastern-europe-7417548ec0

Budapeste é famosa pela sua maravilhosa arquitetura. Quando eu cheguei cá, lembro-me do quão surpreendida fiquei. Vou dar uma lista de alguns sítios que se devem mesmo visitar, consegue-se chegar a alguns deles a pé, outros necessitam de transporte, mas o transporte disponibilizado na cidade é perfeito.

budapest-pearl-eastern-europe-0135a52547

O que visitar durante o período de viagem

  • O edifício do Parlamento Húngaro, o edifício parlamentar mais bonito que eu já vi;
  • Perto existe um memorial de sapatos.
  • O Castelo Buda e o Bastião dos Pescadores, que estão localizados na colina de Buda, dá para ir tanto a pé como de ascensor (que é o mais antigo de toda a Europa) custa 6 euros, e vale a pena para desfrutar da paisagem.
  • A icónica "Chain bridge" (Ponte das correntes) e a "Liberty bridges" (Ponte da Liberdade);
  • A Praça dos Heróis (a praça principal da cidade);
  • O Great Market o sítio para comprar produtos locais;
  • A Avenida Andrassy, que tem 2 km de comprimento e está repleta de cafés e restaurantes;
  • A Basílica do São Estêvão;
  • A magnífica Casa da Ópera;
  • O ponto de encontro da Praça Deak, que é onde se cruzam três linhas de metro e onde existem imensos lugares de interesse;
  • A Citadela que é o ponto mais alto da cidade e é onde se tem vistas maravilhosas para Budapeste;
  • A Rua Vaci e a Westend para fazer compras.
  • Museus: o Museu Nacional Húngaro, o Museu da Ate Moderna, o Museu do Terror, o Parque Memento.

budapest-pearl-eastern-europe-6c49d5ee1a

O que e onde comer?

Existe uma grande variedade, por isso depende do teu gosto, aqui podes encontrar fatias de pizza a 200 HUF, que convertido são 70 cêntimos, não é muito saudável, mas é delicioso, e quando estás com fome, a Zakaria.

budapest-pearl-eastern-europe-a3d2ef8e13

  • Para pequeno-almoço: Gian Mario, Oktogon Bisztro, Vintage Garden.
  • Para o tradicional Gulyash: o Sales Pub (é sem dúvida o melhor tradicional Gulyash húngaro de sempre.
  • Para jantar: Boscolo (um lugar onde Andrassy e Sandor Petofi iam beber chá), Deák St. Kitchen.
  • Bares: Vicky Barcelona Tapas Bar, Blue Fox The Bar (Kempinski);
  • Ruin bares e pubs: Szimpla e Lampas.

Atividades para durante o dia.

  • Budapeste é famosa pelos seus banhos termais, existem quatro na cidade, e o melhor é o "Szechenyi termal spa" com piscinas interiores e exteriores e com uma arquitetura muito criativa e fantástica.
  • Escape rooms são também uma boa opção, e muitos de vocês não devem de saber, mas a Hungria é a mãe dos "escape rooms".
  • Podes desfrutar de um cruzeiro no Danúbio, é uma viagem de hora e meia fantástica.
  • Tens mesmo de ir à Ilha Margaret - ilha essa que está mesmo no centro da cidade, repleta de zonas verdes com muitas diversões, como por exemplo: piscinas, um Zoo, cafés, entre outras coisas.
  • Podes ir visitar a pequena cidade de Szentendre, que é bastante fácil de chegar a partir de Budapeste. Tens de apanhar o H5 (uma espécie de comboio) que parte desde a zona da Ilha Margaret, e que passa por debaixo da ponte, basta perguntares a alguém que te irão dizer o que tens de fazer. Existem 12 paragens, desde Budapeste até Szentendre, e a viagem demora cerca de 30 minutos. Aqui tens o Website dos horários de Budapeste onde podes verificar atempadamente as horas.

budapest-pearl-eastern-europe-28a358eaaf

Onde ir de festa?

Muitas pessoas vêm a Budapeste apenas para festejar, porque a vida noturna é fantástica. É barata e tem imensos bares muito giros, os "ruin bars", diferentes discotecas e pubs. Podes ir de festa para Larm (se gostares de música eletrónica) Fogas, Instant, Aquarium, The Play, Corvin, entre tantos outros. A maioria deles estão localizados nos distritos 6 e 7.

budapest-pearl-eastern-europe-d2ab4ec154

Para resumir, Budapeste é uma ótima cidade para passar um fim de semana prolongado com a família e os amigos, para visitar sítios durante o dia e para ir de festa durante a noite; para experimentar diferente e deliciosa comida e para beber a Palinka nacional; para tirar imensas fotografias fantásticas e para ficares cheio(a) de energia positiva; para partilhar momentos maravilhosos da tua vida com aqueles que mais gostas, porque partilhar é algo bastante positivo! Durante os dias em que estive em Budapeste consegui experimentar de tudo, e estou muito agradecida e feliz! E quero te desejar o mesmo, pelo menos uma vez na tua vida tens de visitar e experimentar Budapeste!


Galeria de fotos



Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!

Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!