Advertise here

Live: Alessandra Amoroso

Publicado por Catarina Frazão de Faria — um ano atrás

Blogue: Sei accanto a me, Milano!
Etiquetas: Conselhos Erasmus

Malta, venho falar-vos de uma experiência única que vivi em Milão. Se tiverem oportunidade de fazer algo semelhante em Erasmus, é sem dúvida uma óptima vivência, daquelas que não se esquecem.

Em Março deste ano regressei a Milão por 10 dias. Parece um pouco estranho ir de férias para a cidade onde vivi, quando nem é particularmente conhecida como um destino para tal, e que conheço quase melhor que os próprios milaneses, mas a verdade é que esta viagem tinha vários propósitos.

Um deles (na realidade o primeiro que surgiu em cena) era ir ao concerto de uma artista italiana que adoro e queria imenso ver ao vivo. Inicialmente tinham sido definidas duas datas em Milão para o início de Abril, mas não me davam muito jeito… Obviamente fiquei radiante quando foi adicionada uma terceira data para Março, ainda para mais conjugando perfeitamente com a semana de graduação de alguns amigos do laboratório (onde tinha desenvolvido a tese no ano anterior), criando a oportunidade perfeita para revisitar “a minha segunda casa”.

concerto da Alessandra Amoroso no Mediolanum Forum de Assago (MI), integrado na digressão de promoção do seu mais recente álbum – 10, também lido como “io” (eu) – celebração dos seus 10 anos de carreira, foi um estrondo. Adorei.

concerto-da-alessandra-amoroso-31a8e0ed5

“Sono carica!”

A noite de domingo 10 de Março ficou gravada como uma das minhas recordações preferidas. Diverti-me tanto que fiquei a querer voltar a Itália para assistir novamente ao concerto noutra data, fosse em Milão, Roma ou Nápoles! A digressão tocou todas as regiões de Itália com pelo menos um concerto, mas os bilhetes de avião com partida de Lisboa em Abril e Maio estavam muito caros, então tive de pôr a ideia de parte…

De qualquer forma, dou-me por muito satisfeita de ter podido viver esta experiência incrível e só tenho pena de não ter comprado bilhete para a plateia…

Quando em Novembro (sim, porque as datas começaram logo a esgotar! e eu queria ter a certeza de conseguir o bilhete) pedi a uma das minhas amigas italianas para mo comprar num ponto de venda em Milão (pois comprando online ficava mais caro), escolhi um lugar na primeira fila do segundo anel, visto que não queria gastar muito dinheiro e este me pareceu um posto relativamente decente, com boa visibilidade para o palco. E efectivamente não foi uma má escolha, por 35€. Claro que mais perto teria sido melhor, mas não me posso lamentar assim tanto.

No Mediolanum Forum de Assago, que se localiza já fora do limite urbano da cidade, mas é perfeitamente servido pela linha metropolitana verde (M2), os lugares nos anéis são todos sentados, assim como, pelo menos neste concerto, os de plateia eram também. Com uma capacidade média de 12 mil pessoas, é a maior e mais importante arena interior de todo o país, sendo palco de inúmeros eventos desportivos, espectáculos e ainda congressos.

concerto-da-alessandra-amoroso-16adb1c2f

Entrada do Mediolanum Forum

concerto-da-alessandra-amoroso-b7def0f16

Dentro do recinto

O concerto tinha início marcado para as 21h, com abertura por parte de uma outra artista, a Federica Abbate, que aqueceu a malta durante cerca de 15 minutos. E depois começou a grande festa.

Ao vivo e a cores, foi um concerto recheado dos grandes êxitos e das novas canções, mas sobretudo de emoções, sentindo-se intensamente a ligação especial que a Alessandra Amoroso tem com os seus fãs, a aficionada “Big Family”. Ainda que eu não seja de todo fanática, como muita gente da “Big” efectivamente é – vê-se com cada coisa nas redes sociais – a sensação vivida é bastante genuína e transversal a todos porque retiramos da sua música um significado puro e genuíno, deixando-nos tocar pelas belas palavras que a compõem como se fossem um espelho das nossas próprias vivências. Identificamo-nos.

Acompanhada de uma banda de três guitarras, baixo, bateria, teclado e duas coristas, a primeira canção entoada é “La Stessa”, também primeiro single desde novo álbum, e uma das minhas favoritas, sob um cenário vermelho vivo de luzes.

Ao longo do concerto, que durou cerca de 2h20 creio, para um total de 27 canções - algumas das foram incorporadas em medleys, feitos essencialmente para incluir aquelas mais antigas, mas não menos apreciadas pelo público - as luzes e o “backdrop” (com vídeos sugestivos, muito dinâmicos e coloridos) iam mudando consoante os temas.

Temas esses divididos em três blocos, sublinhados pelas mudanças de outfit da cantora. Sempre com as mesmas calças e botins pretos, vemo-la passar de blazer + camisa com um laço gigante à frente para blazer + top com gargantilha, para depois  actuar grande parte do espectáculo com um espampanante casaco de penas laranjas. Trajes que marcaram esta #10tour nas redes sociais.

As oito canções iniciais são dos últimos dois álbuns (2016 e 2018), contemplando “Fidati ancora di me”“Avrò cura di tutto”“Sul ciglio senza far rumore”“Dalla tua parte”“La Gente Non Sei Tu”“Cadere Piano”, e fechando esta parte com o seu maior sucesso - “Comunque andare”, que simplesmente amo e já ouvi literalmente mais de 1000 vezes.

concerto-da-alessandra-amoroso-e95f66d4e“Fidati ancora di me”

concerto-da-alessandra-amoroso-c51163f8d

“Sul ciglio senza far rumore”

concerto-da-alessandra-amoroso-a6c3b5379

“Dalla tua parte”

concerto-da-alessandra-amoroso-58c5e8690

"Comunque andare”

Todo o concerto é ao vivo, pondo em evidência a belissima voz da cantora. O grande destaque a cappella desta digressão vai para “Immobile”, o primeiro single da sua carreira, que se iniciou em 2009 ao vencer o concurso televisivo de talentos “Amici” de Maria De Filippi. Brilharam no ar as lanternas dos telemóveis, criando um belo efeito contrastante com o escuro do cenário.

concerto-da-alessandra-amoroso-38b5825da

“Immobile”

Contando ainda com outro single dessa altura, “Stupida”, começam os medleys de músicas que marcam os álbuns lançados entre 2010 e 2015: “Stella incantevole”/Estranei a partire da ieri”/”Senza Nuvole”; e depois “Urlo e non mi senti”/”Niente”/”Ti aspetto”/”È vero che vuoi restare”/”Amore puro”/”Difendimi per sempre”.

Apesar de perceber a lógica de dar prioridade às canções mais recentes, para promover o respectivo álbum, teria gostado de ver algumas destas cantadas na totalidade, pois são das que mais gosto. No geral, achei que esta parte avançou muito depressa, tanto que quase nem tínhamos tempo para entrar no ritmo de cada canção. Não obstante, não deixou de ser estupenda.

concerto-da-alessandra-amoroso-2b2518c5c

“È vero che vuoi restare”

concerto-da-alessandra-amoroso-e849ee144

“Amore puro”

Seguiram-se novamente canções dos últimos dois anos, segundo a ordem “Stupendo fino a qui” – outro momento muito emocionante, “Parlare perdonare baciare”“Trova Un Modo” – hino da passada época natalícia, “La vita in un anno”“Buongiorno” -  uma das mais alegres e que vê a sua letra alterada para fazer referência aos 10 anos de carreira, “Declinami L’Amore” – inesquecível por ser aquela em que a cantora bate com os pés no palco, e “Simmetria Dei Desideri”.

concerto-da-alessandra-amoroso-d90a35a95

“La vita in un anno”

concerto-da-alessandra-amoroso-5e825f66a

“Simmetria dei desideri”

O que marca o concerto da Alessandra Amoroso é a sua interacção com o público em todos os momentos, tornando-o co-protagonista. Sempre com muitos agradecimentos e reconhecimentos durante os vários momentos de transição entre músicas, nos quais fala para o público, é notória a sua apreciação pelo carinho dos fãs, que diz terem possibilitado estes 10 anos da sua vida.

O final desta fantástica festa inicia-se com “Se il mondo ha il nostro volto”, a partir da qual toda a gente vive os últimos êxtases, cantando-se e dançando-se em colectivo  ao passar “Il mio stato di felicità”“Vivere a colori” – momento em que são lançados milhares de confetti, celebrando uma das suas mais emblemáticas canções – e depois o bis, que encerra o espectáculo, com “Ogni Santissimo Giorno” e o mais recente single, “Forza e Coraggio”.

concerto-da-alessandra-amoroso-359770214

“Vivere a colori”

concerto-da-alessandra-amoroso-91f3cf960

“Forza e coraggio”

A palavra de ordem, para além de FORÇA e CORAGEM, é ENTUSIASMO, dito por ela “aquilo de que todos precisamos e que quero que fique como sensação, no final do meu concerto, para enfrentar a vida todos os dias”.

Que mais dizer acerca deste concerto, absolutamente memorável

A "#10 tour" entretanto já terminou, com um total de 32 concertos, grande parte deles esgotados. A Alessandra Amoroso é uma das artistas mais adoradas do pop italiano e a energia que coloca em palco faz valer um espectáculo maravilhoso.

Já não ia a um concerto destes há alguns anos e foi realmente do outro mundo a sensação que vivi. Saí radiante!


Galeria de fotos


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!

Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!