Barcelona: my home away from home

Publicado por Rita Teixeira — um ano atrás

Blogue: Erasmus em Barcelona
Etiquetas: Conselhos Erasmus

Olá. Inicialmente quero mostrar-vos uma publicação feita por mim e publicada no meu Instagram, ainda antes de voltar pra Portugal:

“ Faltam precisamente 20 dias para voltar a casa. 20 dias para esta que até aos dias de hoje foi a maior aventura da minha vida terminar! 

4 meses de saudade, de choro, de dificuldades, 4 meses que custaram a passar mas acima de tudo 4 meses em que fiz amizades que sei que são pra a vida, 4 meses em que cresci uns 3 ou 4 anos! 4 meses que demoraram tanto a passar e na realidade passaram rápido de mais! 

Como é viver cá? É totalmente diferente de viver aí, é saíres à rua e a cada 10 metros alguém te perguntar “smoke weed, coffee shop”, é veres uma manifestação a cada 7 dias da semana, é sentires-te sozinha, é conheceres pessoas mal encaradas, é sentares-te na areia da praia a beber vinho até as 4h da madrugada, é fazer jantaradas em tua casa ou em casa das pessoas que conheceste cá! É esperar 2 minutos por cada metro e sentires-te uma sardinha enlatada. É aprender a gostar de cerveja e de lambrusco! É gastar 15€ se queres beber uma vodka! É quereres desistir e sentires falta de casa e agora, mesmo ainda cá estando, faltando 20 dias para realmente voltar ao sítio que tanto queria, sentir saudades de cá estar! É sentir orgulho de mim mesma por ter conseguido quando em tantos momentos a minha maior vontade era desistir! Cresci tanto, desenrasquei-me sozinha, cozinhei, lavei e arrumei, todos os dias, como uma verdadeira dona de casa. Estudei e saí. Diverti-me e conheci estas pessoas incríveis que vão deixar uma saudade enorme, tão enorme quanto Barcelona vai deixar! 

Ficarão os vídeos, as fotos e as musicas, que nos farão lembrar umas das outras e lembrar esta aventura que vivemos em comum!

E se algum dia me arrependi de vir estudar pra cá, hoje agradeço porque na verdade eu cresci tanto! “Home away from home” and I’m gonna miss my home! ” 

Agora mesmo, já estando em Portugal, posso realmente falar da minha experiência, que taaaantas saudades me deixa:

No ano passado enfiei o máximo de tudo aquilo que me torna quem sou em 2 malas gigantes e voei até Barcelona.

Posso-vos dizer que a minha experiência foi feita de um contraste enorme, pois foram os piores e ao mesmo tempo os melhores meses da minha vida! 

Nesse tempo apercebi-me de que sou uma Maria chorona, mas também me apercebi do quão forte consigo ser. 

Entendi o significado da palavra “colega”, para pessoas a quem chamava de amigo. Tive quem me ajudasse de coração e tive também quem me “ajudasse” vez entre outra porque era o seu papel e só ficava bem.

É normal as coisas não correrem bem à primeira, é normal não encontrar uma casa na primeira ou segunda semana, é normal sentir-me sozinha, mesmo que rodeada de pessoas, é normal haver noites em que não pregava olho. Tudo isso é normal, afinal de contas, estava realmente sozinha, num país que não é o meu. Que bem que isso me fez, que bem que chorar me fez. Cresci, e cresci tanto. Conheci pessoas INCRÍVEIS em quem confio de olhos fechados e sei que estarão sempre comigo, mesmo que longe. 

Se quero voltar? Ohhhhh se quero, e aproveitaria tão mais o que Erasmus tem para dar. 

Se vou voltar a sair de Portugal durante um bom período de tempo? Ohhhh se vou ✈️

Always my home away from home ❤️


Galeria de fotos


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!