Advertise here

Actividade cerebral nocturna

Aqui em Espanha têm a tendência a começar o dia cedo e levá-lo seguidinho para que por volta das 15h ou até mais cedo possam já estar a sair das suas actividades laborais, almoçar e fazer a siesta. Acaba por ser interessante este sistema, assim podem aproveitar o dia para fazer outras actividades que gostem e, como tal, os índices de felicidade aumentam. Outras pessoas "entram ao serviço" após as 15 e assim aproveitam mais amanhã. É uma boa estratégia de empregabilidade e de manter o país sempre activo enquanto o tempo está mais aproveitado e as pessoas podem disfrutar de mais tempo para elas.
Pois eu aqui não sou excepção. Tenho aulas praticamente todos os dias às 8 da manhã! É tão reconfortante estar deitadinho na cama, quentinho, a sonhar mas, de repente, começa a tocar o despertador e a parte mais difícil aparece! Tento ser forte, quase todas as noites digo a mim mesmo: “Eduardo amanhã vais te levantar mais cedo que o costume para fazeres tudo na calma”. Mas no dia seguinte isso não acontece porque escolho a opção do “mais 5 minutos” e quando dou por mim já estou outra vez a sonhar e quando acordo já só tenho tempo de me vestir e correr para as aulas.
Tenho facilidade em adormecer e uma vez que esteja adormecido não é qualquer coisa que me acorda. Também todas as manhãs penso “hoje vou deitar-me cedo” mas, estranhamente, e apesar de andar o dia todo meio ensonado, à noite tenho uma actividade cerebral que me pede para fazer coisas. Estudar, escrever, pesquisar sobre algum tema. No que toca a estudar tenho muito maior facilidade a partir da 1 hora da madrugada. Talvez porque sei que todos já estão a dormir ou já não há nada que me distraia. Mas durante o dia, tarefas que envolvem uma simples concentração, é algo difícil para mim de executar. De manhã, como vou ainda meio a dormir para as aulas lá me fixo no professor e as aulas decorrem sem grandes distracções, mas quando chego a casa parece que se vai todo o ânimo de estudar. Vou estudando mas perco muito tempo com intervalos para fazer isto e aquilo. Preciso de arranjar outras estratégias de estudo se já vi que é assim que funciono. Penso que vou arriscar aqui algo bastante estranho e a começar já amanhã.
Então, amanhã vou para as aulas, volto para casa, almoço, arrumo o que for preciso e deito-me a dormir o máximo de tempo possível! Depois à noite aproveito para estudar e no dia seguinte de manhã torno a levantar-me cedo para ir às aulas. O objectivo aqui é tentar dormir nas horas que sei que não sou produtivo ou quando sei que se não dormir pode ser prejudicial para a minha saúde. É um teste, talvez devesse tentar ler alguns trabalhos antes de começar isto. Mas como já escrevi noutro post, cada ser humano é único, não há outro genótipo igual…sei lá eu se não tenho algum gene especial e secalhar até funciono muito bem assim?
Vou explorar, nada melhor que testar em nós mesmos (menos as drogas pesadas), tirar conclusões e ser humilde o suficiente para se admitir que de facto esta não é a melhor estratégia para mim. No que corresponde à saúde não deve haver orgulhos. Mas estou bastante curioso relativamente a isto porque foi uma ideia que tive agora mesmo enquanto escrevia :D São os benefícios de se escrever…
Portanto, penso que hoje até já me vou deitar bastante tarde para que amanhã depois das aulas já tenha bastante sono para recuperar.

Basicamente, vou andar com os horários trocados…mas também quem disse que há horários certos? A sociedade impõem-nos cada coisa!
Vou tentar colocar fotos do trânsito já dentro de Valência às 7 da manhã :)


Galeria de fotos


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!