Advertise here

Nations em Uppsala – um modo de vida e uma experiência única

Publicado por Marta Pinto — um ano atrás

Blogue: De Lisboa para Uppsala....mitt äventyr!
Etiquetas: Blogue Erasmus UU , UU , Suécia

Para quem não conhece nem nunca ouviu falar das famosas Nations de Uppsala, deixem-me contar-vos que são uma das melhores experiências para se ter nesta cidade.

As nations são de algum modo semelhantes ao que aqui em Portugal chamamos Associações de Estudantes, mas vão muito para além deste conceito. Foi a partir das nations que tive contacto com outros estudantes de diferentes cursos, diferentes zonas da Suécia e até mesmo de diferentes partes do mundo.

Ao todo existem 13 nations em Uppsala, cada uma ligada a uma zona diferente da Suécia.

As 13 nations de Uppsala

nations-uppsala-modo-de-vida-experiencia

Retirado de: https://uppsalastudent.com/page/nations

Tal como me foi dito, as nations foram criadas no passado quando os estudantes que vinham para a universidade de Uppsala sentiam saudade da sua terra natal e desejavam encontrar-se com pessoas vindas da mesma região e com os mesmos costumes e tradições. Desta forma, cada nation possuí um local próprio, onde os membros se podem reunir e socializar, bem como realizar atividades típicas de cada nation.

Estas associações são, portanto, dirigidas a todos os estudantes da universidade sendo que, hoje em dia, para além dos estudantes suecos, também os alunos de Erasmus podem escolher uma nation à qual pertencer. Caso um amigo de fora vos venha visitar é também possível arranjar um cartão de acesso temporário que os permitirá usufruir desta experiência.

Ainda assim, para se fazer parte desta vida académica, é necessário escolher-se pelo menos uma nation à qual pertencer (podemos fazer parte de mais que uma) e pagar-se uma quantia inicial que depende da nation à qual nos vamos juntar.  

Os valores variam, mas tendem a ser à volta de 26 euros por semestre. Esta quantia deve ser paga todos os semestres, caso queiramos fazer parte de uma das 13 nations e usufruir do que estas têm para oferecer. Para além de que, com o cartão que obtemos para a nossa nation, temos acesso e podemos entrar em todas as outras. Sem cartão…nada feito meus caros.

Mas não se preocupem muito caso não gostem da nation que escolheram inicialmente pois, no semestre seguinte, é sempre possível mudar, bastando para tal adquirir o cartão através da nation para a qual pretendem trocar. Para além de que, poderão ainda assim participar nas atividades de outra nation que não a vossa (o que, por acaso, acabou por ser o que fiz eheheh).

Devido à quantidade de informação que quero mostrar sobre as nations e o sobre seu modo de funcionamento, optei por vos apresentar uma lista do que no fundo as nations são e do que têm para oferecer:

1.   Locais para socializar

Todas as nations possuem bons espaços para se estar, quer seja para estudar, estar com amigos ou comer qualquer coisa. Muitas delas têm salões para festas e discotecas, bibliotecas para estudos e cafés para um bom brunch de domingo.

Café da Kalmar nation

nations-uppsala-modo-de-vida-experiencia

 2.  Restaurante e Pubs

Nas nations é possível encontrar também restaurantes e pubs que são geridos pelos estudantes e para os estudantes! Nestes estabelecimentos é possível ter refeições com preços mais reduzidos do que o que se encontraria num típico restaurante ou pub sueco, para além de ser muitas vezes possível provar-se comida típica. Claro que um bom hambúrguer existe sempre à disposição, existindo a possibilidade de se pedir quer vegetariano, quer vegan. Atenção que nem todas as nations têm restaurantes e pubs, sendo que normalmente se houver um restaurante na nation não existe um pub, e vice-versa.

Pub da V-Dala nation (a.k.a Västmanlands-Dala nation)

nations-uppsala-modo-de-vida-experiencia

3.       Discotecas/Clubes

Nem todas as nations têm discoteca, mas as que têm possuem o seu próprio estilo musical, pelo que podemos encontrar nations com músicas mais comercial (que incluem, claro, músicas suecas) ou com um estilo mais alternativo. Para além disto, e curiosamente, as nations organizam estas discotecas em dias de semana específicos e diferentes entre si pelo que existem festas planeadas para os estudantes pelas nations de terça a sábado, todas as semanas! Mais, caso sejamos membros da nation que organiza a discoteca,a entrada não se paga, o que faz com que muitos estudantes adiram a nations que tenham discotecas, especialmente os alunos de Erasmus (myself included, sorry!). Ainda assim, é possível ir a outras discotecas que não a da nossa nation e entrar sem pagar, caso se chegue antes de determinada hora (tipicamente ou às 20h ou às 21h, dependendo da nation, mas atenção que nem todas funcionam assim).

4.       Alojamento

Outra peculiaridade das nations é estas permitirem-nos ter um quarto junto das mesmas. Isto torna-se muito conveniente para os estudantes de Uppsala já que é um facto conhecido de que arranjar casa ou quarto nesta cidade pode ser bastante complicado. Para se ter então acesso a esta opção que as nations nos dão é, no entanto, necessário que os estudantes façam parte da nation onde querem arranjar alojamento e também que adquiram pontos nessa mesma nation segundo regras estabelecidas pela mesma. Outra vantagem desta opção dada pelas nations é o facto de que os quartos, por estarem junto das nations, se encontram maioritariamente no centro da cidade e perto de tudo.

5.       Atividades

Para além das possibilidades de entretenimento já apresentadas, as nations permitem-nos ter acesso a um conjunto variado de atividades que variam de nation para nation. Por exemplo, muitas das nations apresentam o seu próprio grupo coral que atua em eventos festivos da cidade ou até mesmo em festejos particulares das nations (como nosgasques, que irei falar a seguir). Também existem grupos de teatro, eventos de dança para aprender, por exemplo, a dançar valsa, grupos organizados para fazer corridas, aulas de yoga e muito mais. Algumas destas atividades são gratuitas enquanto que outras requerem que paguemos quantias pequenas como cerca de 10 euros por semestre.

6.       Festas Formais ou Gasques

Ah…os gasques! A magia de Uppsala está em todo o lado e cativou-me desde logo não só através da cidade, que parece saída de um conto de fadas, como por aquilo que eu diria serem bailes ou galas, e que aqui dão o nome de Gasques. Pouco vos direi por agora sobre este tipo de evento porque há tanto por onde pegar que o quero descrever noutra história. Mas nestas festas formais, os salões das nations são decorados a primor e organizados com mestria, trazendo à vida dos estudantes um pouco do que foi a vida social de antigamente na universidade de Uppsala. Nestes “bailes” as raparigas devem vestir vestidos longos e os rapazes devem usar fraque e laço, o que contribui ainda mais para criar uma cena retirada de um conto de fadas. Há também a atuação do grupo coral danatione alguns números de comédia, ou o decorrer de atos mais oficiais, durante o evento e, normalmente, estas distrações ocorrem entre a troca de pratos do que nos é servido. Um gasque acaba por ser uma cerimónia que vem festejar diversas tradições e ocasiões importantes para os suecos.

Gasque internacional, para os estudantes internacionais acabados de chegar a Uppsala

nations-uppsala-modo-de-vida-experiencia


7.       Trabalho

Sim, é verdade…podemos trabalhar nasnations! E podem questionar-se sobre o porquê desta felicidade, mas a verdade é que qualquer ajuda financeira na Suécia foi bem-vinda para o meu lado. Para além de que, trabalhar numa nation me ajudou a conhecer um pouco mais da cultura sueca e novas pessoas, bem como fazer amigos e fazer-me sentir parte de um novo tipo de família académica. Existem diversos tipos de trabalhos que podemos fazer nas nations, desde trabalhar no pub e nos cafés ou até mesmo servir à mesa no restaurante. Podemos também fazer parte de equipas que se juntam para organizar e servir convidados numa festa particular que seja organizada pela nation.

Eu a beber café depois de descascar as batatas que iriam ser fritas e servidas com os hambúrgueres naquela noite no pub

nations-uppsala-modo-de-vida-experiencia

 

Para mais informações sobre as nations sugiro que vejam no site da universidade https://www.uu.se/en/admissions/student-life/the_student_nations/ (aqui deixo o link) e também este site feito para os estudantes de Uppsala https://uppsalastudent.com/page/nations (que utilizei imensas vezes tanto antes de ir para lá, como quando lá estava). Também podem deixar comentários e questões que tentarei responder assim que conseguir.

Cada um dos tópicos apresentados foi descrito resumidamente para que tivessem uma ideia de como as nations têm um peso considerável na vida académica dos estudantes de Uppsala e como sem dúvida lhes dão uma experiência enriquecedora. Assim, como estudante que fui em Uppsala, não pude deixar de integrar uma delas e terei todo o gosto em partilhar mais experiências convosco acerca disso em próximos relatos!

Até lá…. hejdå! (“heydou” – como se lê adeus em sueco) ;)


Galeria de fotos


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!

Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!