Advertise here

Magnífica Roma

Publicado por Maria Matos — há 5 meses

Blogue: Outras viagens
Etiquetas: Blogue Erasmus Roma, Roma, Itália

Em Julho fui pela primeira vez a Roma. Tinha as expectativas elevadas, não fosse uma das cidades mais visitadas do mundo, e posso dizer que fiquei deslumbrada!

Fiquei num apartamento que encontrei no Booking (B&B Grandis), que era bom em termos de preço-qualidade-localização. Roma é uma cidade muito grande, por isso aconselho a tentarem encontrar um apartamento central, caso contrário vão perder algum tempo em transportes públicos.

Magnífica Roma

No primeiro dia, como chegámos à hora de almoço, comemos logo uma massa deliciosa num restaurante em frente ao apartamento. Não me lembro do nome, mas em todas as esquinas encontram restaurantes com comida deliciosa e a um preço acessível. Afinal, se há nacionalidade que é apaixonada por comida é a italiana. Depois do almoço fomos caminhando em direção ao famoso Coliseu. É importante mencionar que em Julho o tempo é muito, muito quente! Estavam cerca de 36º graus sem vento nenhum, pelo que é fundamental que levem com vocês garrafas de água se vão andar a turistar pela cidade.

No caminho até ao Coliseu fiquei deslumbrada pela arquitetura da cidade, uma mistura entre ruínas antigas e edifícios mais modernos. Parece mesmo um cenário de filme! Reparei que os italianos são malucos a conduzir, é preciso ter cuidado a atravessar as passadeiras porque os carros não param. Cheguei ao Coliseu e fiquei maravilhada pela dimensão, é de facto um monumento espetacular! Estavam filas e filas de turistas à espera para entrar. Confesso que estava indecisa, mas acabei por decidir não entrar, pois sabia que ia perder algum tempo nas filas e estava imenso calor. Se calhar fui burra, mas acho que só a visão de fora já é magnífica. Aliás, à volta do Coliseu há outras atrações, como o Arco de Constantino, o Monte Palatino e o Arco de Tito. Só nesta área podem ficar várias horas a explorar tudo!

Magnífica Roma

Caminhámos pela Via dei Fori Imperiali, de onde é possível ver mais ruínas do Foro Romano (quem pagar o bilhete para entrar no Coliseu também pode visitar esta zona), e chegámos ao Monumento a Vítor Emanuel II, uma obra grandiosa numa praça muito bonita. Continuámos caminho por ruelas até chegar à célebre Fontana di Trevi. Aliás, Roma tem tantos monumentos icónicos que vão encontrar em cada canto algo espetacular. A Fontana é linda, fiquei surpreendida pela quantidade de turistas, mas com jeitinho é possível encontrar espaço para tirar boas fotografias. Não resisti e atirei uma moeda para a água para pedir um desejo – senti-me uma verdadeira “turista em Roma”. Perto da Fontana encontrei uma gelataria ótima e aproveitei para me deliciar com um gelado. Aproveitem para entrar na Venchi, uma gelataria muito conhecida!

Magnífica Roma

O monumento seguinte foi o Panteão. A fila para entrar era enorme, mas andava rápido. O problema foi na entrada: um segurança impediu-me de entrar porque tinha os ombros descobertos (tal como disse, estava muito calor!). Felizmente consegui pedir um xaile emprestado a uma senhora, mas aconselho a levarem um casaco ou um lenço, caso contrário não entram. E vale muito a pena espreitar o interior magnífico e imponente do Panteão. Mesmo tendo vários turistas no interior, fiquei maravilhada! Quando saímos já estava quase na hora de jantar por isso OBVIAMENTE em Roma sê Romano e fomos comer uma… pizza!

Depois do jantar decidimos ir espreitar o bairro Trastevere, conhecido pela atmosfera trendy e pela vida noturna. Caminhámos pela rua e pelas praças e os bares de facto estavam cheios e muito animados! Vale a pena visitar. Nós acabámos por não ficar muito tempo porque estávamos cansados e, por isso, regressámos ao apartamento.

Magnífica Roma

O dia seguinte começou com almoço noutro restaurante delicioso perto do apartamento e depois pusemo-nos a caminho de outro local histórico: o Vaticano! Tinha muitas expetativas, afinal, desde pequenina que ouço falar deste lugar tão importante. Já não me lembro se pagámos entrada, mas decidimos começar pelo Museu do Vaticano. Meu Deus, quem gostar deste género de arte vai deliciar-se com a quantidade de obras! As pinturas são magníficas, cada corredor é uma obra-prima. E a Capela Sistina é de deixar qualquer um de boca aberta, apesar da quantidade de turistas no seu interior e da voz constante do segurança “no filming!”. No final, ficámos tanto tempo aqui que não fomos à cúpula da Basílica de São Pedro. E não, não vimos o Papa porque é preciso ver os dias em que o Papa celebra a missa e esse dia não era um deles. Mas mesmo assim, fiquei bastante impressionada com a visita e é sem dúvida um local a visitar!

Após essa visita fomos caminhando em direção à Escadaria da Praça de Espanha. Durante o caminho passámos por edifícios espetaculares, a maioria sinceramente não sei o nome, mas Roma é assim: a cada esquina, um monumento. Chegados à Escadaria, percorremos as ruas com todas as lojas caras, desde CHANEL a BVLGARI, e depois decidimos sentarmo-nos a meio da Escadaria e observar a quantidade de pessoas que por lá passam. É sem dúvida impressionante a quantidade de turistas em Roma! Por vezes seria bom ver os locais sem tantas pessoas, mas para isso é preciso acordar bastante cedo.

Magnífica Roma

Ao jantar fomos comer umas tapas deliciosas a um restaurante chamado La Tonneria! A decoração é bastante intimista e a relação preço-qualidade muito boa. Caminhámos pela zona, comemos um gelado mais uma vez e depois voltamos à Fontana Di Trevi, que é igualmente bonita à noite.

Magnífica Roma

No dia seguinte queríamos uma vista panorâmica sobre a cidade, por isso decidimos apanhar o autocarro até Janiculum Hill. É uma colina com um parque bonito, há alguns cafés e a possibilidade de vistas é enorme, dá para ver alguns dos principais monumentos. Nós estávamos um bocado perdidos sobre qual o melhor “spot” para ver as melhores vistas quando nos deparamos com um edifício e decidimos entrar. Era a Embaixada de Espanha! Havia uma exposição lá dentro portanto deixaram-nos entrar e lá dentro descobrimos um terraço com uma vista magnífica! Não é permitido estar lá, mas o segurança foi amável e deixou-nos estar lá algum tempo a tirar fotografias. Portanto se alguma vez vierem para esta zona, tentem entrar na Embaixada, vale a pena!

Muitas fotografias depois, descemos a colina a pé, passamos por um bairro cujo nome não me recordo mas que tem um ambiente muito bonito e fomos andando até à Bocca della Verità, uma estátua conhecida que diz a lenda quem colocar a mão no interior e estiver a mentir, terá a mão cortada. Infelizmente quando lá chegámos estava fechada, mas mesmo assim é possível ver a estátua cá de fora. Ainda tivemos tempo de passar pelo Circo Máximo e finalmente, ao final do dia, dirigimo-nos para a estação de autocarros, onde apanhámos o autocarro em direção a Pescara, o próximo destino.

Magnífica Roma

Em apenas 3 dias, penso que conseguimos ver os principais sítios de Roma! Roma é um museu aberto, uma pessoa pode ficar lá um mês e mesmo assim não conseguiu ver tudo, mas se acordarem cedo e estiverem preparados para caminhar muito, é possível ver muitos dos sítios principais num curto espaço de tempo. É uma cidade magnífica e espero lá voltar para ver mais e mais!


Galeria de fotos


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!

Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!