Advertise here

A minha experiência Erasmus em Klaipeda, Lituânia


A. Introdução

1) Porque escolhi o programa Erasmus?

O meu Erasmus foi a experiência mais espetacular que tive.

Ao entrar na Sainte-Marie, o meu principal objetivo é conseguir um emprego que me faça descobrir novos países, novas culturas e que me possam dar responsabilidades. Graças à minha licenciatura em Comércio Internacional, tive a oportunidade de desenvolver os meus conhecimentos linguísticos praticando inglês durante a mobilidade. O programa Erasmus permite-nos crescer em vários domínios, como em autonomia, sentido de responsabilidade e desembaraço e como gerir um orçamento.

O domínio do inglês, que será um aspeto importante durante o exercício do meu futuro trabalho, é uma vantagem no meu curriculum vitae.

O Erasmus ajuda-te a ficares mais resistente para o teu futuro, ensina-te mais ao nível do inglês e dá-te conhecimentos.

A minha experiência Erasmus em Klaipeda, Lituânia

Fonte

2) Porque é que eu escolhi a Lituânia?

Escolhi como principais destinos os países do leste em geral, porque instigam a minha curiosidade, por serem desconhecidos mas parecem estar tão próximos. Tive a oportunidade de discutir com os alunos que estiveram lá e a maioria deles não se cansa de tecer elogios vigorosos. A questão financeira também influenciou as minhas preferências de destinos.

Sendo eu por natureza curiosa e estão eu sempre a estudar coisas novas, o encontro de uma cultura desconhecida é uma formidável oportunidade de descobrir novos horizontes.

B. A chegada

Chegámos no aeroporto de Kaunas no final da tarde e apanhámos o mini-autocarro expresso direto a Klaipeda. É uma longa viagem de 3 horas num mini-autocarro na ferrovia. Nós chegámos a Klaipeda à tardinha, onde a Anastasija tinha de nos ir buscar à rodoviária aproximadamente à meia-noite para nos levar para o nosso apartamento. Chegámos mais cedo, por volta das 22:00h. Nós estávamos a morrer de fome pelo que decidimos apanhar um táxi para o primeiro lugar que nos veio à cabeça: McDonald's! Aqui veio a nossa primeira surpresa: havia apenas um McDonald's em toda a cidade de Klaipeda!

Finalmente chegámos ao apartamento com a Anastasija que nos deu alguns conselhos interessantes sobre a cidade e o modo de vida.

Como chegámos na quinta-feira, estivemos 3 dias em que fomos apenas nós os 3 juntos, porque os estudantes passaram o último fim de semana de férias nas suas casas no campo. Foi um pouco estranho porque não ouvimos notícias sobre nada durante este tempo. Mas como em todas as histórias com final feliz, no domingo, alguns estudantes da nossa faculdade ofereceram-se para nos fazerem uma visita guiada pela cidade que terminou com uma visita pelos bares de Klaipeda num ambiente amigável. Foi assim que a nossa aventura incrível começou.

C. O apartamento

1) Descrição

O nosso apartamento está localizado em Kareiviniu gatvé 4-21, não muito longe de tudo. Situado a 3 km da escola, demoram-se apenas 15 minutos para lá chegar. Podemos encontrar muitas lojas lá. Na nossa rua tínhamos uma padaria, algumas lojas de conveniência (chamadas iki), uma farmácia, uma livraria, um cabeleireiro, alguns restaurantes (chinês, quebab, pizzaria) e um clube desportivo. Foi o suficiente para a nossa vida quotidiana. Na vizinhança também estava situada a maior e mais elegante discoteca de Klaipeda: kiwi klubas, onde fizemos a maior parte das nossas festas. A grande área comercial chamada Akropolis (muito conhecida na Lituânia) e que estava situada a cerca de 10 minutos da nossa rua, o que foi muito útil para as nossas tardes de compras.

Nós escolhemos alugar um apartamento. Tínhamos 6 espaços: 2 quartos, uma sala de estar, uma pequena cozinha, uma casa de banho e um corredor. Quentin e Boris, os meus colegas de quarto, escolheram um quarto cada, e eu decidi mudar a nossa área de lazer para o meu quarto. Cada quarto estava equipado com uma televisão, uma cama, alguns armários, algumas cadeiras, uma mesa e algumas almofadas e cobertores. Eu tinha o maior espaço do apartamento e tudo acontecia lá: os rapazes viam televisão lá, organizámos festas, jantares e também era um quarto de hóspedes quando precisávamos. Era uma sala bem animada tal como a cozinha.

A nossa cozinha estava completamente equipada. A única coisa que precisávamos de comprar era a comida. Tínhamos um fogão a gás, um microondas, um forno, um frigorífico, um congelador, até uma máquina de lavar roupa e tudo o que precisávamos para cozinhar e comer, como copos, pratos, panelas, etc.

O aluguer do apartamento tinha de ser pago a meio de cada mês. Cada um de nós teve de pagar cerca de 90 € a 110 € todos os meses, incluindo o aluguer, os serviços de eletricidade, gás, água... e a Internet sem fios que comprámos por 120 € por 6 meses. Era realmente um preço baixo por este apartamento realmente grande e de que gostámos tanto!

Eu amava realmente viver em kareiviniu gatvé 4-21, nunca ficámos entediados e o proprietário do apartamento, Tomas, cuidava de nós como se fosse nosso pai. Tomas e a sua esposa ajudaram-nos muito! Tomas visitava-nos regularmente para saber se estava tudo bem, para nos levar a algum lugar, para resolver problemas no apartamento, para nos convidar para algumas viagens, e assim por diante. Também recebíamos a visita de lituanos e outros estudantes Erasmus de outras faculdades; todos sabiam o nosso endereço e passavam o tempo no “apartamento mágico” como gostávamos de lhe chamar. Este Erasmus passou tão rápido!

D. A escola

1) Informação

A Escola de Negócios de Klaipeda foi fundada a 11 de julho de 1997 como uma instituição pública de ensino sem fins lucrativos. Em 2001, a escola adquiriu o estatuto de instituição de ensino superior (escola). O seu fundador é a professora associada Dr. Irena Sabaliauskaite. Hoje a escola é bem conhecida não só na região de Klaipeda, mas em toda a Lituânia. Mais e mais estudantes de diferentes regiões do país, bem como estudantes internacionais, vêm estudar para a Escola de Negócios de Klaipeda. A escola está localizada em tilzès gatvé. Temos de apanhar o autocarro número 2 ou 5 para chegar lá e demora apenas 5 ou 10 minutos. É um lugar agradável, muito pequeno… até mais do que Ste-Marie!

Divide-se em 2 partes: edifício I e edifício II. Oferece 8 programas de estudo como inglês, direito, finanças, administração de negócios, bancos, negócios internacionais, economia de negócios e contabilidade. Aqui está um vídeo que apresenta a escola (está em lituano, mas mostra muito da escola). Como a escola é pequena, todos os estudantes se conhecem. Os professores, juntamente com os alunos, formam uma grande família e o ambiente é agradável. Organiza muitas atividades e é um prazer estar lá. A nossa coordenadora é Lina. Ela é uma mulher muito jovem, muito amigável e que ajuda muito. É responsável pelo departamento internacional. Ela ajudou-nos muito e estava sempre disponível para resolver problemas como de saúde ou relacionados com a vida dos estudantes. Somos extremamente gratos por tudo o que ela fez por nós.

2) Clube dos estudantes internacionais

Este clube foi fundado a 9 de setembro de 2010. Isso significa que foi quando nós chegámos a Kvam. Os alunos que gostam de comunicar em línguas estrangeiras, que têm estudos ou experiências no exterior são bem-vindos ao clube! Os sócios do clube desempenham o papel de “estudante de pares”, organizam eventos, excursões e têm simplesmente um tempo agradável num ambiente multicultural. Fomos membros deste clube e participámos em muitas atividades. O clube internacional está cheio de estudantes simpáticos e é muito acolhedor. Lina também foi responsável pela gestão do clube com os estudantes.

3) Clube de inglês

O clube de inglês é o mesmo que o internacional, mas é mais informal. Eles estão a organizar reuniões e debates sobre a os acontecimentos da atualidade ou assuntos temáticos. Também fomos membros deste clube e participámos em duas atividades.

4) Estudantes Erasmus

Toda a gente tem em mente que quando vais fazer Erasmus vais encontrar apenas estudantes Erasmus do mundo todo e é isso. Nós pensávamos isso. Porém, quando chegámos a Kvam, ficámos um pouco surpreendidos quando soubemos que havia apenas 5 alunos Erasmus: Kate, Idill e nós 3. Idil é do Peru, não passou muito tempo connosco por causa dos seus conhecimentos em inglês e porque ela era tímida. Ela ia às mesmas aulas que nós. Katalin é da Hungria. Tornámo-nos inseparáveis. Ela fala inglês como um falante nativo. Na Hungria, ela está na universidade a estudar Direito. Ela tinha menos aulas do que nós, mas passávamos o tempo juntas. Sermos apenas 5 Erasmus na escola não foi um problema para nós. Conhecemos estudantes Erasmus de outras escolas ou universidades, como rapazes turcos, letões, polacos, índios e russos. Mas passávamos a maior parte do tempo com os lituanos. Os estudantes da faculdade agora são nossos bons amigos. Eles fizeram o seu melhor para nos fazer sentir bem na Lituânia, são muito gentis e ajudaram-nos muito com a nossa nova vida lá. Na verdade, nós não passávamos muito tempo "sem" eles! De facto, estávamos totalmente imersos na cultura lituana.

E. Atividades organizadas pela escola

No tempo que estivemos na Lituânia tivemos muitas excursões e atividades formais ou informais. Aqui estão as principais atividades que tivemos:

1) Dia internacional (30/09/10)

Foi o primeiro encontro informal organizado pelo clube de inglês para ficarmos a saber mais sobre as atividades do clube, questões de tradução, idiomas e muitas outras coisas interessantes. Além disso, tivemos oportunidade de conhecermos estudantes da Hungria, Turquia, Índia e Lituânia, que estudam na Escola de Administração de Klaipeda. Tivemos que trazer algo típico do nosso país para difundir a cultura nacional, bem como para experimentarmos algo típico (comida) de cada um dos diferentes países.

2) Camp zilvitis (26/09/10)

Naquela ocasião nós passámos 2 dias no campo com lituanos da faculdade. Éramos cerca de 40 alunos. Para mim, foi uma das melhores atividades em que tive oportunidade de participar.

Durante esses dois dias, tivemos a oportunidade de conhecer os nossos colegas e outros estudantes da faculdade. Foram organizados muitos jogos de equipa e ainda tivemos uma festa à noite, que deveria ter acontecido num lugar com um dj, mas que acabou por ser na praia ou num espaço qualquer no campo.

3) Reuniões entre estudantes do clube internacional

Às vezes, o clube de estudantes internacionais organizava algumas reuniões para nos ajudar a melhorarmos as nossas habilidades a falar inglês. Íamos fazer patinagem no gelo, bowling ou a um pub, discutíamos tudo o que acontecia durante o nosso Erasmus ou falávamos sobre qualquer assunto.

4) Nida (01/10/10)

A excursão ao redor do Curonian Spit foi com um guia que fala inglês. Foi gratuita para todos os alunos. Nós tivemos um passeio na floresta ao longo da lagoa de Curonian que foi animada por algumas lendas lituanas e histórias antigas. Apanhámos o autocarro e o barco para chegar ao spit. Foi fantástico!

5) Treinos de basquetebol + competição (todas as quintas-feiras)

Na Lituânia o basquetebol é o desporto mais famoso. Quando o Quentin e o Boris me pediram um lugar para brincarem, a Lina fez um pedido para alugar um espaço e na semana seguinte tivemos um! Todas as quintas-feiras tivemos a oportunidade de jogar basquetebol durante 2 ou 3 horas. Antes de ir para lá, eu não gostava de basquetebol. Mas como o Quentin e o Boris viam o NBA em casa e jogavam basquetebol 3 dias por semana com o nosso proprietário, eu comecei a gostar de ver os treinos. Finalmente, tornei-me grande fã desses treinos com outros estudantes. Em 2 ocasiões competimos contra outras faculdades e universidades. Eu não participei nesses eventos como jogadora, mas como claque! Foi muito bom!

6) Dia dos alunos do 1º ano (14/10/10)

Infelizmente nós não participámos neste evento por causa dum enorme trabalho de casa. Como na Bélgica, todos os alunos do primeiro ano são tradicionalmente recebido numa "cerimónia de batismo para todos os alunos do 1º ano", com muitos jogos e diversão.

7) Concurso de curtas-metragens de terror (28/10/10)

No âmbito do clube de inglês, tivemos que criar um pequeno filme sobre o tema do Dia das Bruxas. Numa equipa de estudantes de todos os anos e programas, nós passámos um tempo a elaborar um enredo, a rirmos juntos e, finalmente, a participar na competição para o primeiro lugar do filme “mais bem feito”. Para a ocasião, junto com 8 estudantes (equipa de sonho), fizemos um filme chamado “lost in déjà vu” (em português: "Perdidos no já visto") e conseguimos o segundo lugar! Por causa do nosso desempenho, ganhámos uma noite no bowling.

Podes ver aqui o nosso filme.

8) Vilnius (27-28/11/10)

Fomos para a capital no âmbito de uma visita de estudo. Andámos de autocarro durante 5 horas para chegarmos a Vilnius e voltámos na noite seguinte. Passámos o primeiro dia com os alunos e decidimos ficar lá de noite e estarmos lá mais tempo.

Durante a viagem nós visitamos o escritório do Presidente da República de Lituânia com um guia e o Museu das Vítimas do Genocídio também com um guia. Foi muito interessante descobrir a capital. O tempo estava um pouco frio! Mas nós passamos tanto tempo lá. Após as visitas à escola e aos professores, tivemos tempo livre para conhecer a cidade. À noite fomos para um hostel e saímos. Na manhã seguinte deixamos o albergue e continuamos a excursão pela cidade.

Vilnius é uma bela cidade cheia de coisas para ver e visitar. Nós estávamos um pouco tristes por termos de ir embora tão cedo mas tivemos que ir à faculdade no dia seguinte. Espero ter novamente a oportunidade de ir para lá.

9) A conferência sobre competitividade (18/11/10)

Esta conferência foi o encontro mais importante que tivemos na escola. Se participássemos nela apresentando um projeto, poderíamos não fazer o exame de inglês. Foi o maior projeto que tivemos que apresentar. Eu e a Kate analisamos o problema de Bolonha nas universidades e faculdades na Bélgica, Lituânia e Hungria e o seu impacto na obtenção de um emprego após a obtenção do diploma.

Apresentamos aos professores, diretor, alguns estudantes de Vilnius e outras universidades e também a Lina. Também foi uma competição. As 3 melhores apresentações receberam um prémio e os participantes receberam um certificado. Boris e Quentin ficaram em 3º lugar e a Kate e eu não chegámos ao top 3 por causa da duração da nossa apresentação, pois como o nosso professor de inglês nos explicou: “Foi tão bem feita e interessante, mas demasiado longa! De facto, a nossa apresentação demorou 30 minutos em vez 15.

10) Festas

  • Festa de receção (5/09/10)
  • karaoke (16/09/10)
  • marselis evenings (todas as quintas-feiras à tarde)
  • Despedida da festa da Kate (02/12/10)
  • Tarde de Natal (22/12/10)
  • e muito mais... Party boy foi o nosso "veto".

Fonte

F. As aulas

O nosso programa era o “programa Erasmus”, isso significa que tivemos aulas de vários programas diferentes. Estivemos em aulas do 1º ano ou 2º ano. Nós tivemos 15 horas por semana e a sexta-feira livre.

Nós tivemos essa aula duas vezes por mês na quarta-feira.

Começamos o ano letivo no dia 6 de setembro e terminamos no dia 30 de novembro. Durante o mês de novembro tivemos o período de exames e durante o mês de dezembro tivemos um período de projeto.

Tivemos aulas até meados de novembro. Para cada aula, tivemos que preparar um projeto pessoal para apresentar aos nossos colegas no final de outubro. Quando novembro chegou, tivemos aulas e exames. Foi a altura mais difícil, mas os professores foram realmente abrangentes e eliminaram algumas aulas para nos darem tempo para trabalharmos. Foi uma surpresa ouvir os nossos professores pedirem-nos para fixarmos a data e hora do nosso exame consoante a nossa melhor conveniência!

Cada aula foi dada em forma de apresentação em power-point. Nós só tínhamos 2 livros, um para inglês de negócios e outro para o idioma lituano. Aqui está uma breve descrição de cada aula a que tivemos que assistir:

  • Procurar informação:
  • O objetivo do curso é ensinar aos alunos como utilizarem as bases de dados das universidades na internet. O aluno terá que encontrar a publicação mais relevante para o projeto que será necessário analisar.

  • Lituânia na União Europeia
  • Os estudantes estão familiarizados com as leis e materiais institucionais e da União Europeia. A constituição da União Europeia, o seu estatuto legal, objetivos, sistema legal e origens, instituições da UE e suas funções, quatro liberdades básicas (de bens, pessoas, movimento de capital, estabelecimento e fornecimento de serviços) bem como a análise da lei do trabalho comunitário da UE; estes são comparados com os sistemas legais de outros países europeus.

  • Língua e cultura na Lituânia
  • O objetivo do curso é fornecer aos alunos o conhecimento básico da língua e cultura lituana, o que pode ser útil durante o tempo de permanência na Lituânia.

  • Oportunidades de negócio na Lituânia
  • Os estudantes estão familiarizados com os indicadores da economia lituana e as suas tendências, tal como com as oportunidades de investimento e experiência, bem como com o planeamento dos negócios na Lituânia e na Europa.

  • Inglês para negócios
  • Os objetivos do curso são: enriquecer o vocabulário inglês numa variedade de contextos de negócios; obter fluência na expressão de ideias, tanto na escrita como na oralidade; para melhorar as habilidades de diálogo e discurso monólogo.

    Durante o curso, os alunos vão ouvir, ler e discutir vários tópicos sobre negociação na atualidade. Além disso, vão escrever relatórios sobre a informação lida; discutir e negociar em inglês; fazer apresentações e entrevistas.

  • Sociedade multicultural
  • Os objetivos do curso são: dar aos alunos uma ideia do que é uma sociedade multicultural e ensiná-los a debater e como lidar com as diferentes culturas e origens.

  • Riscos dos negócios
  • O propósito do curso é capacitar os estudantes de ferramentas para analisar e avaliar os riscos específicos do negócio; encontrar a maneira mais favorável de lidar com isso e analisar os seus impactos na empresa.

  • Gestão de marketing
  • O objetivo do curso é formar especialistas em gestão profissional para entenderem os objetivos e características das empresas contemporâneas, bem como a importância da gestão estratégica; aplicar os dados de análise, delineando estratégias de operações da empresa, orientadas para o progresso, desenvolvimento e inovações.

  • Tarefa do projeto: a análise das mudanças do comércio internacional da União Europeia
  • O projeto advem de alguns cursos adicionais dentro do programa de gestão internacional. A nossa tarefa era analisar e apresentar:

    • as alterações das políticas comerciais no mercado internacional
    • prioridades do comércio interno da UE e do comércio com outros países
    • alterações dos indicadores do comércio interno do país e da UE com outros países

    A apresentação ocorreu no dia 21 de dezembro.

    G. A cidade “Klaipeda”

    “A Lituânia é uma república independente e democrática localizada na Europa central, na costa do Mar Báltico. A independência foi restaurada em 1990 e, em 2004, a Lituânia juntou-se à União Europeia e à OTAN. Com 65 000 km², a Lituânia é do mesmo tamanho que a Bélgica ou a Irlanda. Tem uma população de cerca de 3 milhões e faz fronteira com a Letónia, Bielorrússia, Polónia e com a região de Kaliningrado (Rússia). A Lituânia tem um passado rico e histórico, as suas antigas tradições estão ainda vivas e tem uma beleza natural única. Na Lituânia, adotou-se o âmbar como símbolo do país. "

    1) Identificação

    Klaipeda é a terceira maior cidade da Lituânia, situada na parte ocidental do país.

    É um porto sem gelo, com uma localização geográfica favorável, na costa do Mar Báltico e da Lagoa Curonian, a uma curta distância de outros portos do Mar Báltico: Kaliningrado (Rússia) e Riga (Latvia).

    A cidade tem 98. 35 km2. a temperatura média mensal em Klaipėda em janeiro é de -0, 6 o c, em julho - +19, 4o c. Temperatura média anual +8, 4o c.

    Quando chegámos a Klaipeda, a primeira ideia que tivemos foi: “Oh, parece Liège! " Depois, visitamos a cidade inteira e percebemos que o Klaipeda é muito mais bonita.

    Estilo antigo, limpa e muito calma, é agradável caminhar pelas ruas.

    Klaipeda está dividida em duas partes: a cidade velha e a cidade nova. Nós morávamos na cidade nova que fica ao lado da cidade velha. Klaipeda é uma cidade portuária e há água em todo o lado. Da minha janela eu podia ver o porto e o topo dos barcos gigantes que transportavam mercadorias e outras coisas.

    Em Klaipeda podes encontrar muitas coisas para fazer, visitar ou eventos para participar. Por exemplo: o museu marítimo lituano, teatro musical de Klaipeda, festival internacional de jazz do castelo de Klaipeda, festival internacional de folclore, festival marítimo e assim por diante.

    Em lazer e entretenimento podes encontrar: ciclovias, cinemas, bowling, barcos a motor, um casino, discotecas, praias, voo livre e páraquedismo, campos de ténis, piscinas, bilhares, etc.

    2) Beira-mar (porto e praia)

    Como mencionei anteriormente, Klaipeda é o único porto marítimo da Lituânia. Quando chegas à cidade, não consegues ver o mar, apenas o grande porto. Este porto é uma das áreas mais comerciais do Mar Báltico. Há cada vez mais amadores de iates que chegam para passar bons momentos lá. Este porto é um lugar internacional. (Acede a mais informações).

    A originalidade de Klaipeda é que se quiseres descansar ou te divertires na praia, tens que apanhar o barco que demora 3 minutos, andares a pé (ou fazeres um passeio) através de uma bela floresta e finalmente chegas à bela praia de Klaipeda. Ficámos um pouco surpreendidos, mas finalmente fomos lá várias vezes por causa do seu ambiente agradável. Na praia também podes ir àquelas pequenas casas que estão a oferecer às pessoas algumas sessões de sauna e hamah, e enquanto isso, podes correr na praia, mergulhar no mar frio e voltar a secar o teu corpo.

    Todos os alunos recomendaram que voltássemos no verão, dizendo-nos que é “a praia onde estar”! E com certeza, nós lá iremos!

    3) Akropolis

    Grupo Akropolis, uab é um importante centro comercial da Lituânia e uma das maiores empresas nesta área dos países bálticos. O Akropolis de Klaipeda tem uma área total superior a 75. 000 m2 e foi inaugurada a dezembro de 2005. Atualmente, conta com 238 operadoras - Hypermaxima xxx, Eurovaistinė, as lojas de roupa Zara, Bershka, City, Apranga, e outras de calçado, eletrodomésticos e coisas para casa, produtos de beleza, lojas de variedades, bem como uma pista de patinagem no gelo, um cinema e uma pista de bowling. Durante 2009, o centro comercial e o centro de entretenimento Akropolis que fica perto do centro da cidade portuária da Lituânia tinha mais de 10 milhões de visitantes.

    Ficávamos lá quando o tempo estava muito mau. O Akropolis é o maior centro comercial, eu nunca tinha visto a olhos vivos. Quando estás lá dentro, sentes-te na Disneyland. A decoração é incrível e o ambiente é excelente. Lá podes encontrar o que quiseres; é como uma grande "belle-île" (em Liège).

    4) Vida noturna

    Em Klaipeda, a vida noturna de segunda a quinta-feira é tranquila. Durante a semana os pubs estão abertos até às 21:00h, em média. Os clubes estão abertos de quinta-feira a domingo.

    A cidade é bastante segura. Eu e a Kate fizemos várias excursões pela cidade durante a noite. A cidade tem muita luz e oferece belas vistas a partir dos edifícios, museus, igrejas e do porto. No natal, a praça na cidade velha é incrível!

    Como tínhamos 4 dias de aulas por semana, saíamos todos os finais de semana. Em klaipeda há uma escolha tão selvagem de bares: Kiwi, Martini, Manhattan, Dr Who, El Calor, Piteris e assim por diante. Na quinta-feira, os clubes oferecem a entrada gratuita aos alunos durante toda a noite.

    O melhor clube de Klaipeda fica perto do nosso apartamento. É o Kiwi Club, é seguro, acolhedor e tem 3 andares, com 3 ambientes e conta com 4 bares.

    H. Tempo livre

    1) visita os pontos turísticos

    Nida, a praia, Kaunas, Vilnius, praia Zilvitis.

    2) Desportos

    Basquetebol, clube desportivo, patinagem no gelo, jogo Frisbee ultimate.

    3) Vida noturna

    Kiwi Club, Marselis, Memelis, e restaurantes.

    I. Comida típica

    Durante a nossa estada passámos a maior parte do tempo a cozinhar para nós mesmos. Porém, como o custo de vida não era muito elevado, íamos ao restaurante uma ou duas vezes por semana.

    Decidimos provar cada comida típica lituana que encontrávamos em restaurantes. Não foi um problema grande porque a maioria dos restaurantes que encontras em Klaipeda são de comida não típica. Em Akropolis, onde íamos para tudo o que precisávamos, até para comer, haviam imensas picerija (pizzarias) e outros restaurantes que não são típicos.

    Durante a reunião com o clube de estudantes internacional, experimentámos as famosas refeições da Lituânia. Eis algumas:

    Šaltibarščiai (sopa de beterraba fria)

    2 beterrabas vermelhas cozidas, descascadas e raladas; 2 pepinos frescos, finamente cortados; 2 ovos cozidos; 100 g (6 colheres de sopa) de creme azedo; 1l (4 chávenas) de leite azedo ou manteiga; 1 chávena de água a ferver; 8 raminhos de endro fresco, picado; 1 chávena de cebolinha, finamente picada; sal a gosto.

    Šaltibarščiai são geralmente servidos com batatas cozidas ou fritas ao lado. Às vezes, também se adiciona um ovo cozido fatiado. É uma ótima refeição para um dia quente de verão.

    Didþkukuliai (cepelinai) (zeppelins)

    1 k (2 lbs) de batatas cruas, descascadas e raladas; 4 batatas cozidas; sal a gosto.

    Um cepelinai é basicamente uma torta de batata cheia de carne e a flutuar num molho de cogumelos. O cepelinai vem das partes rurais da Lituânia. Demorava várias horas a fazê-lo, por isso é perfeito para os dias frios de inverno, quando era melhor estar dentro de casa a cozinhar algo quente para comer. É "o prato nacional".

    “Užkandžiai prie alaus” (snack enquanto se bebe cerveja) pão frito com alho, queijo e maionese

    Estes são os snaks nacionais de eleição quando se bebe cerveja, como são chamados, e estão disponíveis em quase todos os menus.

    Alaus (cerveja)

    A cerveja é fabricada na Lituânia desde a antiguidade e até hoje é uma bebida popular e tradicional.

    O lugar mais célebre onde beber cervejas deliciosas “caseiras” em Klaipeda é o pub “Memelis”.

    J. Custo de vida

    Na Lituânia, o custo de vida é muito menor do que na Bélgica.

    Pib por habitante (em usd): 17080 [2011]

    Para mais informações, aqui está um vídeo explicativo

    Durante a minha estada lá eu usei o meu cartão de crédito Maestro.

    As minhas despesas ao levantar dinheiro não eram muito elevadas e realmente não mudou nada as minhas despesas.

    Tenho que mencionar que eu não reparei nas minhas despesas enquanto estava na Lituânia. Eu queria aproveitar a oportunidade de viver esta experiência completamente.

    Todas as excursões organizadas pela escola eram gratuitas ou quase de graça. Sempre que decidimos desfrutar de uma excursão, nós ficávamos mais um dia nalgum lugar com o nosso próprio dinheiro. Nunca me arrependerei de gastar esse dinheiro neste Erasmus.

    Fonte


    Galeria de fotos



Partilha a tua Experiência Erasmus em Klaipeda!

Se conheces Klaipeda como nativo, viajante ou como estudante de um programa de mobilidade... sobre Klaipeda! Avalia as diferentes características e partilha a tua experiência.

Comentários (0 comentários)


Partilha a tua experiência Erasmus!

Mais publicações nesta categoria


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!