Advertise here

10/1/18 Go Cátárina

Publicado por Catarina Serrano — um ano atrás

Blogue: Vida em Iasi
Etiquetas: Blogue Erasmus Iasi, Iasi, Romênia

Era quarta, ou seja, aula de voleibol e como já disse em várias publicações, a aula de voleibol é sempre qualquer coisa de extraordinária e desta vez ainda foi melhor do que o habitual e porquê? O professor de voleibol não apareceu, quem deu a aula foi um substituto qualquer e ele era muito profissional. A aula foi, basicamente, o substituto mandar-nos dar uns toques nas bolas para aquecermos e a seguir colocou-nos a jogar, até agora tudo bem, a diferença das outras aulas é que nesta, o nosso suposto professor, que deveria olhar para nós, corrigir-nos e ver se fazíamos bem os exercícios estava mais ocupado a mandar mensagens no telemóvel e a fazer chamadas, foi inédito.
Logo nesta aula em que eu precisava de falar com o professor para lhe dizer que não íamos aparecer na última aula, pois íamos viajar para Istambul. O que eu fiz foi pedir o mail do professor ao substituto e estava um bocado difícil, estava-lhe a explicar que era a nossa última aula, porque não podíamos comparecer à última e o homem estava a insistir comigo a dizer que a nossa última aula era na próxima semana, sim, eu sei que ainda havia uma aula na próxima semana, só que não podia ir, estive uns 2 minutos a tentar que ele entendesse isto.
No final da minha missão bem sucedida de conseguir o mail do professor, mandei-lhe então um mail a perguntar como seria a avaliação, se era preciso fazer algum trabalho, o que quer que fosse.
Ainda na aula de voleibol, estávamos a jogar e estava a ser o mesmo aborrecimento de sempre, com a exceção de que desta vez tinha claque, todas as vezes em que eu tocava na bola, aqueles que estavam sentados à espera para jogarem, aplaudiam e passaram o jogo todo a dizer "go Cátárina". No final a Carolina disse-me que lhe estavam a perguntar se o meu rabo era verdadeiro, bastante subtis. Eu não tenho nem dinheiro para pagar a próxima viagem que vou fazer, como é que havia de ter dinheiro para falsificar o meu rabo e quem é que faz isso? 
À tarde tivemos, por fim, a nossa última aula, a aula em que o professor nos andou a assustar o semestre inteiro a dizer que a nossa avaliação seria um exame. 
Perguntei ao professor, no final da aula, em que data iria ser o exame, porque até agora ele ainda não nos tinha dado uma data específica, só tinha dito que era antes de irmos embora. Se nos ia dar material de apoio online e onde seria a sala do exame. 
Ele não sabe muito de inglês, então fiquei a saber que a história do exame não passava de um trabalho, ele queria que nós fizéssemos apenas um trabalho, começou por dizer que o nosso exame ia ser diferente, ia ser mais fácil que o dos outros e tínhamos que fazer em Word, o tema era acerca da reabilitação da mobilidade, para entregar até segunda, ou seja, andei a levar com a ansiedade da Carolina em relação ao exame durante um semestre inteiro, para agora vir a saber que o exame não passava de um trabalho. 
Faltavam agora 17 dias para voltar a Portugal.


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!

Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!