Advertise here

20 COISAS QUE SÓ QUEM FEZ ERASMUS EM BUDAPESTE VAI COMPREENDER

Publicado por Maria Matos — há 8 meses

Blogue: Viagens durante Erasmus
Etiquetas: Blogue Erasmus Budapeste, Budapeste, Hungria

#1 A melhor pizza é no Pizzica

Um pizzaria intimista, com uma decoração artística e apenas alguns lugares sentados. Os pizzeiros são italianos e fazem a melhor pizza que já comi em toda a minha vida! 400 florins por fatia, são de comer e chorar por mais!

#2 Há um Hummus Bar e um McDonald’s em cada esquina

Comida barata e rápida, é exatamente o que se espera do Hummus Bar e do McDonald’s. Nunca vi uma cidade que tivesse tantos McDonald’s, mas vamos confessar: quantas vezes depois da noite não acabamos no McDonald’s de Blaha Lujza? Ou a comer frango no Hummus Bar por preguiça de cozinhar?

#3 Uma boa casa tem de ser perto do Tram 4/6

A única linha que tram que funciona toda a noite e liga os principais pontos da cidade. Quem fez Erasmus sabe de cor todas as paragens desta linha! Metró állomás!

#4 As segundas-feiras são no Morrison’s 2

Em Budapeste, Erasmus é sinónimo de Morrison’s 2! Às segundas a entrada é gratuita e começa bem cedo. É difícil explicar a atmosfera do Morrison’s, mas até em época de exames as mesas de beer pong estão cheias! O que se passa no Morrison’s, não fica no Morrison’s!

20-coisas-que-so-quem-fez-erasmus-em-bud

#5 Soproni – primeiro estranha-se, depois entranha-se

A cerveja das massas em Budapeste. Não é particularmente agradável, mas por ser a mais vendida, acabamos por nos habituar ao seu sabor... e até gostamos! One Soproni, please!

#6 Existe literalmente um Trash Day

Lomtalanítás é o nome que se dá ao dia em que os cidadãos são autorizados pôr a tralha e o lixo que têm em casa... no passeio! Isso mesmo! As tralhas ficam empilhadas durante um dia inteiro e quem precisar pode ficar com os restos dos vizinhos. No dia seguinte, os camiões do lixo recolhem tudo. Quem não está familiarizado com esta tradição vai ficar de boca aberta com este cenário saído do Apocalipse!

#7 1000 forints não significa que estás rico

Ah, a inocência dos primeiros dias em Budapeste! Uma nota de 1000 ft nas tuas mãos! A sensação de riqueza! Só para descobrires que 1000 ft são apenas 3 euros e pouco. Isso mesmo. Nem para um menu no Mc Donald’s chega!

#8 O Szimpla é para os turistas

O Szimpla é aquele bar que adoramos das primeiras vezes que lá vamos, mas que eventualmente percebemos que é caro e só serve para os turistas. Mas vais acabar lá sempre que os teus amigos te vierem visitar, pois toda a gente quer conhecer!

20-coisas-que-so-quem-fez-erasmus-em-bud

#9 Não há biscoitos húngaros na Hungria

Pois é... Para os fãs dos famosos biscoitos húngaros: parece que a origem dos biscoitos não está relacionada com o país, pois em Budapeste não é possível encontrar estes biscoitos em lado nenhum! Que desilusão!

#10 Köszönöm é provavelmente a única palavra que aprendemos

Quem faz Erasmus em Itália ou Espanha, regressa sempre com novos dotes linguísticos para impressionar a família e amigos. E quem faz Erasmus em Budapeste? Pois bem, contam-se pelos dedos de uma mão as palavras que aprendemos. Egészségére a isso!

#11 A Margaret Island é um ótimo sítio para curar a ressaca

Depois de muitas noites de festa, a ressaca começa a pesar. Nada como reunir os amigos durante o dia em Margaret Island para fazer exercício, descontrair um bocado, respirar ar puro e... fazer planos para a próxima noite!

#12 Não vale a pena discutir com os picas do metro

Quase todos os que tentaram andar de metro sem pagar foram eventualmente apanhados. Os picas não são nada simpáticos e recusam-se a falar em inglês. Ou pagas uma multa no momento, ou levas com outra maior no correio. A verdade é que até hoje essa multa nunca chegou...

#13 As Termas de Széchenyi não são assim tão limpas

Para os turistas, podem parecer maravilhosas. Mas quando descobres o significado das festas Sparty, a tua opinião sobre estas termas muda completamente. Só tu sabes o que se passa naquelas águas aos Sábados à noite...

#14 Cartão ESN ou Erasmus Life Budapest?

Que cartão vale a pena fazer? Qual dá melhores descontos? Qual organiza melhores festas? Dúvidas existenciais de qualquer estudante Erasmus...

#15 Todas as noites são noites de Instant/Fogas

Ao fim de 54754858 noites no Fogas, prometeste a ti mesmo que não vais voltar. Estás farto! A música é má e está sempre cheio! É exatamente nisso que estás a pensar enquanto esperas na fila para entrar mais uma vez. “Como é que eu vim aqui parar?!”

#16 Goulash? Comida tradicional? Thank U, Next!

Goulash. Não. É. Bom.

20-coisas-que-so-quem-fez-erasmus-em-bud

#17 Os melhores sunsets são nas margens do rio Danúbio

Pontoon, Fellini Római Kultúrbisztró, Kabin… Quando as temperaturas começam a ficar insuportáveis em Budapeste, o melhor local para beber uma cerveja é junto do rio Danúbio.

20-coisas-que-so-quem-fez-erasmus-em-bud

#18 Há uma diferença entre o lado Buda e o lado Peste

Porque é em Peste que tudo se passa. Só vais a Buda para fazer o roteiro turístico com família/amigos.

#19 A Ponte Liberty é um ótimo local para beber

Ao final do dia, nada melhor do que juntar os amigos e beber uma cerveja em cima da Ponte Liberty! A vista é fenomenal.

#20 Budapest é a melhor cidade do mundo para Erasmus!

E nós temos a sorte de o saber por experiência própria!

20-coisas-que-so-quem-fez-erasmus-em-bud


Galeria de fotos


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!