Advertise here

#1 Um dia em Bratislava

A primeira viagem que fiz durante o meu Erasmus em Budapeste foi a Bratislava (Eslováquia). Acho que quase toda a gente que faz Erasmus em Budapeste acaba por ir visitar Bratislava, pois fica apenas 2h30 de distância e é uma viagem simples e barata. Assim, em Fevereiro, eu e mais três amigos decidimos ir conhecer a cidade.

Comprámos um bilhete de ida e volta com a Flixbus, usando o desconto do cartão ESN, e a viagem ficou aproximamente 18 euros ida e volta. Partimos de manhã cedo, cerca das 7 da manhã, e chegámos a Bratislava ao início da manhã.

Confesso que não planeámos nada com antecedência e acabámos por explorar a cidade livremente. Saímos da estação de autocarros e bastou uma caminhada de 10 minutos para encontrarmos logo o primeiro monumento: a Igreja de Santa Isabel, uma igreja peculiar pela sua arquitetura e tons de azul e branco.

1-um-dia-bratislava-00775fcf7a4b8907cb00

Continuámos o caminho até ao centro da cidade, passando pela Old Town Hall, Palácio dos Primados, o Bratislava City Museum, entre outros. O centro da cidade é bastante pequeno, pelo que é fácil explorar tudo em algumas horas. Também tem piada ir descobrindo as inúmeras estátuas espalhadas pela cidade, uma imagem de marca de Bratislava.

Decidimos subir à Michael's Tower para ter uma visão panorâmica da cidade. Lembro-me que tivemos de pagar um bilhete, cerca de 3 euros, que nos dava acesso ao Museu das Armas que se encontra no interior da torre, à varanda da torre que tem a vista sobre a cidade e por fim ao Museu da Farmácia que se encontra no exterior da torre. Pelo preço do bilhete, acho que vale a pena! E a vista é interessante.

1-um-dia-bratislava-908b50e71d8c267befe2

Era hora de almoçar e decidimos entrar no Slovak Pub, um conhecido restaurante tradicional. A decoração do restaurante é engrada, o ambiente bastante jovem e os preços são acessíveis! Decidimos experimentar alguma comida tradicional. Foi-nos sugerido um menu que incluía três pratos típicos: Halušky, Pirohy e Dumplings. Quatro pessoas podem dividir dois menus. Quem gosta de queijo vai adorar, os restantes... nem por isso! Mas acho que é sempre bom provar a comida típica dos países que visitamos.

1-um-dia-bratislava-3cd07350f6b37ea944c6

Depois do almoço subimos uma colina em direção ao Castelo de Bratislava, talvez a atração mais conhecida. A caminhada faz-se bem e em alguns minutos chegámos ao imponente monumento, construído no início do século 10. Optámos por não entrar mas passeámos pelos jardins e usufruimos da vista sobre a cidade. No entanto, não ficámos lá durante muito tempo pois começou a nevar e decidimos procurar um sítio aquecido.

Voltámos a descer para o centro da cidade e, para meu espanto, descobri uma loja portuguesa: “The World Needs Nata”! Fiquei super entusiasmada para mostrar aos meus amigos estrangeiros e eles provaram a famosa nata. São exatamente iguais às originais e toda a decoração do restaurante é típicamente portuguesa. Confesso que achei piada, nunca esperaria no meio de Bratislava encontrar uma nata portuguesa!

1-um-dia-bratislava-8b28e0d2e8ae8543a142

Depois desse snack já estava noite e o tempo continuava a piorar, portanto decidimos regressar à estação de autocarros. A estação é moderna e tem vários cafés e restaurantes, portanto ficámos lá a descansar e por volta das 20h regressámos a Budapeste.

Na minha humilde opinião, acho que um dia chega perfeitamente para ter uma visão geral de Bratislava! Alguns amigos passaram lá um fim-de-semana inteiro, e acredito que haja mais locais de interesse para explorar. Mas para quem procura apenas um dia diferente, acho que é o suficiente. E apesar de não ser uma cidade extraordinária, foi uma boa experiência para iniciar as várias viagens que acabei por fazer nesse semestre!

Votação final: 3/5


Galeria de fotos


Comentários (0 comentários)


Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?

Se estás a viver uma experiência no estrangeiro, és um viajante ávido ou queres dar a conhecer a cidade onde vives... cria o teu próprio blogue e partilha as tuas aventuras!

Queres ter o teu próprio blogue Erasmus?


Você ainda não tem uma conta? Regista-te.

Espera um momento, por favor

A dar à manivela!